Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Novo SUV da Fiat, Progetto 363 terá motor 1.0 turbo mais potente do Brasil

Novo motor 1.0 GSE T3 terá até 131 cv e mais de 21 kgfm de torque, superando o motor 1.0 TSI dos VW Polo, Nivus e T-Cross

Por Henrique Rodriguez, Eduardo Passos Atualizado em 22 mar 2021, 19h16 - Publicado em 22 mar 2021, 18h00

Existe uma grande expectativa pelo lançamento do novo SUV da Fiat (cujo lançamento será ainda em 2021) que a própria fabricante nomeou temporariamente de Progetto 363 – por ser tratado internamente como “projeto 363” –, mas também pelo seu motor. O modelo, que será o grande rival do VW Nivus, será responsável por lançar o novo motor 1.0 GSE Turbo flex (T3) no Brasil.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7,90

Esse três-cilindros 1.0 com turbo e injeção direta da família Firefly terá praticamente as mesmas tecnologias do 1.3 GSE Turbo (T4) já anunciado pela Stellantis. Sua missão é substituir o 1.8 E.TorQ Evo de 139 cv, um motor usado pela Fiat há 10 anos mas que foi desenvolvido há 22 pela extinta Tritec.

Motor-GSE-T3-1.0-Turbo 2
Três vistas do novo motor 1.0 GSE Turbo, chamado de T3 Divulgação/Fiat

Motor do Progetto 363

O novo motor também ficará marcado por ser o 1.0 mais potente do Brasil: QUATRO RODAS apurou via diferentes fontes que o motor 1.0 GSE Turbo nacional terá 131 cv com álcool e 128 cv com gasolina. Já o torque ficará acima dos 21 kgfm com etanol, com pico ao redor dos 1.750 rpm. Ele será combinado a um câmbio automático do tipo CVT também inédito na Fiat.

  • Fiat_Firefly_T3_100_1
    Divulgação/Fiat

    Desbanca, pelo menos nos números, o motor 1.0 TSI da Volkswagen, que gera 128 cv com etanol e 116 cv com gasolina, e 20,4 kgfm com os dois combustíveis com pico a 2.000 rpm.

    Na Europa, a versão o motor T3 a gasolina entrega 120 cv a 5.750 rpm e 19,3 kgfm a 1.750 rpm. No Jeep Renegade, é sempre combinado a câmbio manual de seis marchas. Uma outra configuração entrega 100 cv e os mesmos 19,3 kgfm a 1.500 rpm.

    Para referência, estes motores têm apenas 93 kg e na Europa a promessa foi de redução no consumo na ordem dos 20% na comparação com o 1.6 E.torQ que ainda era usado por lá.

    Os segredos por trás da potência do Novo SUV da Fiat

    Motor-GSE-T3-1.0-Turbo INTERCOOLER
    O intercooler resfria o ar admitido pelo turbo Divulgação/Fiat

    Assim como o motor 1.3, o o 1.0 GSE Turbo terá cabeçote completamente diferente da versão aspirada, que entrega 77 cv. Além de ter quatro válvulas por cilindro (12 no total), terá o sistema MultiAir de terceira geração comandando o comando de válvulas (único e não duplo) variável.

    Motor-GSE-T3-1.0-Turbo CÂMARA DE COMBUSTÃO
    Corte mostra a câmara de combustão do motor 1.0 GSE Turbo Divulgação/Fiat

    Com atuação eletro-hidráulica, ele pode controlar totalmente o tempo de abertura das válvulas e também a elevação das válvulas de admissão. Todo esse controle permite entregar desempenho e eficiência no momento certo, e reduzir emissões de poluentes.

    Continua após a publicidade
    Motor-GSE-T3-1.0-Turbo INJEÇÃO DIRETA
    Posição do injetor de combustível Divulgação/Fiat

    Ainda há injeção direta com injetores que otimizam o spray de combustível na câmara de combustão e turbo de baixa inércia, com o compressor (caixa fria) mais próximo do coletor de admissão, garantindo resposta rápida do motor. O ar ainda passa por um intercooler.

    Motor-GSE-T3-1.0-Turbo COMANDO DE VÁLVULAS MULTIAIR
    Recorte mostra o comando de válvulas único, mas com o sistema MultiAir III comandando a abertura das válvulas de admissão e escape de forma independente Divulgação/Fiat

    Já o coletor de escape é integrado ao cabeçote, o que reduz o turbo lag e o tempo de aquecimento do motor e do catalisador. E o turbo tem wastegate eletrônica, o que dá maior controle, também, da sua pressão.

    O que é o Progetto 363?

    Na imagem: Um teaser permite que mostra o formato da carroceria e alguns detalhes da dianteira do SUV Fiat: Progetto 363
    Teaser permite ver o formato da carroceria e alguns detalhes da dianteira do Fiat SUV reprodução/Fiat

    A Fiat vem falando sobre o desenvolvimento do seu novo SUV compacto antes mesmo de ter definido o nome definitivo do carro. Daí surgiu o nome provisório “Progetto 363” que a fabricante vem usando em ações virtuais e no BBB21. Ele será fabricado em Betim (MG) e seu lançamento será no último trimestre do ano.

    Teaser do novo volante do Fiat 363 - Novo SUV da FIAT
    Teaser do novo volante do Fiat 363 reprodução/Fiat

    A plataforma é a mesma do Fiat Argo, quem lhe emprestará toda a estrutura, portas e parte do interior. Uma das diferenças será o volante, o mesmo do no Jeep Compass 2022 que estreia no Brasil até maio, mas com o novo logotipo da Fiat estampado ao centro.

    Este e outros detalhes vêm sendo revelados de modo bem discreto em uma webserie da Fiat. O último tratou do tema “Segurança + Robustez” e acabou revelando uma cena de teste de colisão do novo SUV. 

    crash test fiat 363
    Cena de um crash test virtual do Fiat 363 Reprodução/Fiat

    O próximo, esperado para hoje, tratará de “Performance” e o último, de “Conectividade”. Este é o mais aguardado, pois diz respeito às funções tecnológicas do Progetto 363, já que o carro deve estrear a parceria entre Fiat e Tim no mundo de Internet das Coisas. Ele terá, inclusive, hotspot Wi-Fi por meio de um roteador 4G+. 

    Além do suporte a Android Auto e Apple Carplay sem fio, o carro terá acesso a uma interface da Amazon, que poderia ser assistência ao motorista por meio da assistente Alexa.

    Flagra mostra uma mula de testes já com os faróis full-led em uso - Novo SUV FIAT
    Flagra mostra uma mula de testes já com os faróis full-led em uso Marlos Ney Vidal/Autos Segredos

    Por enquanto, a Fiat monta protótipos do novo carro para testar componentes ainda em desenvolvimento, como os faróis full-led.

    As versões mais baratas, porém, terão faróis halógenos e receberão o motor 1.3 8V Firefly de 109 cv e 14,2 kgfm combinado ou ao câmbio manual de cinco marchas.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    capa 743
    Arte/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade