Clique e assine por apenas 8,90/mês

Novo SUV da Fiat: o que o primeiro flagra dianteiro revela sobre o modelo

Projeto 363 será lançado em 2021, com posicionamento abaixo do Jeep Renegade para brigar com Nivus, C4 Cactus e versões de entrada do Kicks

Por Leonardo Felix - Atualizado em 17 jan 2020, 08h00 - Publicado em 17 jan 2020, 07h00
Protótipo do projeto 363, o SUV compacto da Fiat Marlos Ney Vidal/Autos Segredos/Quatro Rodas

O tão comentado SUV compacto da Fiat enfim saiu da toca. No começo de 2020, um protótipo do modelo foi flagrado pela primeira vez em vias públicas, rodando em comboio com o Jeep de sete lugares.

Só que a imagem, distante e de traseira, deixava revelar poucas informações do modelo.

Nesta semana, o parceiro Marlos Ney Vidal, do site Autos Segredos, conseguiu fotografar o modelo, cujo projeto recebe o código interno 363, de outros ângulos. Um bocado reveladores, por sinal.

Sim, a camuflagem do modelo ainda está pesada, mas se o protótipo estiver mesmo com a carroceria definitiva e não for uma mula, o que tudo indica ser o caso, isso significa que sua relação com o Argo será muito estreita.

Continua após a publicidade
Observe os desenhos de para-brisa,coluna A eportas dianteiras do Argo. São ou não muito parecidos com os do SUV Divulgação/Fiat

Logo acima está uma imagem do Argo Trekking. Se olharmos para o para-brisa, observaremos a mesma reentrância do teto em relação à parte superior do vidro que existe no SUV.

Inclinação da coluna A e formato da porta dianteira direita também são muito similares, e até a posição do retrovisor externo parece a mesma.

Ou seja: além da plataforma MP1 e da linha de montagem em Betim (MG), o pequeno SUV da Fiat compartilhará com o hatch diversas partes da carroceria.

Uma estratégia muito semelhante ao que a Honda faz com Fit e WR-V, ao que a VW adotará com o Nivus em relação ao Polo, e ao que a Chery promoveu com o Tiggo 2 em relação ao extinto Celer. E que acarreta uma excelente redução de custos.

Continua após a publicidade
O SUV 363 visto de traseira Marlos Ney Vidal/Autos Segredos/Quatro Rodas

Outrossim, tal solução suscita a dedução de que o Projeto 363 tem grandes chances de manter os 2,53 metros de entre-eixos da dupla Argo e Cronos.

Lembrando: ele será posicionado abaixo do Jeep Renegade, que possui 2,57 m. Como comparação, um WR-V tem 2,55 m e um Ford EcoSport, 2,52 m. O Nivus possuirá os mesmos 2,56 m do Polo.

Se for este mesmo o caso, a engenharia da Fiat terá que ser criativa – como costuma ser – para aprimorar o espaço interno apesar do entre-eixos restrito.

Estes mocapes anteciparam os traços laterais e a silhueta do SUV da Fiat Reprodução/Internet

Voltando a falar das linhas do modelo, o capô elevado, a posição dos faróis e o caimento do teto surpreendem ao conter similaridades não tanto com um VW T-Cross ou Renegade quanto com o Nissan Kicks.

Continua após a publicidade

Tal silhueta, aliás, já podia ser observada nos mocapes revelados pela fabricante durante um evento com jornalistas em meados do ano passado.

Entrementes, a dianteira à la Toro observada naqueles esboços parece não ornar com os traços presentes no protótipo.

Além de os faróis parecerem mais largos, a grade se encontra em posição alta no balanço dianteiro, indicando um visual mais convencional (e próximo ao Argo), e não dividido em níveis, como acontece com a picape.

O balanço traseiro é curto e remete a um SUV convencional, até com pegada de hatch. Outro projeto da Fiat, chamado 373 e que deve ganhar as ruas só entre o fim de 2021 e 2022, terá uma silhueta mais acupezada, aos moldes do Nivus.

Continua após a publicidade
Nossa primeira projeção do SUV do Argo dá alguma ideia de como o modelo vai ficar Du Oliveira/Quatro Rodas

Com lançamento previsto para 2021 – segundo o Autos Segredos, será em agosto daquele ano –, o SUV 363 trará versões de entrada com motor 1.3 Firefly quatro-cilindros naturalmente aspirado flex de 109 cv.

As de topo receberão o ainda não lançado 1.0 três-cilindros turbo flex, com potência estimada em 130 cv. Ambos poderão ser casados com câmbio manual ou CVT.

Em termos de preço, o modelo brigará com versões de entrada do Kicks, Citroën C4 Cactus, Renault Duster, Caoa Chery Tiggo 2 e o vindouro VW A0 SUV.

Com os projetos 363 e o 373 (que terá motorização idêntica), a Fiat enfim ingressará no mercado de SUVs e responderá a um longo anseio de sua rede concessionária.

Publicidade