Clique e assine por apenas 8,90/mês

Segredo: novo SUV popular da VW ameaça matar Gol, Fox e Up! de uma vez

Projeto A0 SUV será produzido em Taubaté a partir de 2022 com proposta similar à do Renault Kwid, porém com dimensões maiores

Por Leonardo Felix, Renan Bandeira - Atualizado em 22 jan 2020, 08h57 - Publicado em 3 jan 2020, 07h00
Divulgação/Volkswagen

“O SUV dos compactos”. Com este slogan muito bem engendrado – apesar de um tanto forçoso para as características do carro -, a Renault lançou o Kwid no Brasil com um destaque notório.

É mais ou menos isto que a Volkswagen pretende fazer com o projeto A0 SUV em 2022, quando o ainda misterioso modelo começará a ser produzido em Taubaté (SP).

O modelo, cujas informações vêm sendo antecipadas em primeira mão por QUATRO RODAS desde março do ano passado, também terá características de “SUV popular”, embora com dimensões maiores que as do Kwid.

Kwid serviu de inspiração remota para a concepção do A0 SUV Fernando Pires/Quatro Rodas

Nossas últimas apurações apontam que o A0 SUV é visto internamente como um “carro com características de SUV”, o que significa que deve ter suspensões e ponto H elevados em relação a um hatchback compacto.

Continua após a publicidade

Sua missão primária será substituir o Fox, justamente o “hatch altinho” da marca.

Durante muitos anos, o Fox se aproveitou das características de sua carroceria mais alta em relação ao Gol para fazer sucesso entre os brasileiros, incluindo a exagerada e ainda mais alta versão CrossFox, carregada de maquiagem aventureira.

No facelift de 2010, perdeu quebra-mato e faróis de milha
Objetivo do A0 SUV é ter o apelo “aventureiro altinho e popular” que o CrossFox um dia teve Marco de Bari/Quatro Rodas

Como o Fox está em fim de ciclo – atualmente, é vendido em apenas duas versões e, segundo o site Motor1, deve ter sua produção encerrada já em 2020 -, o A0 SUV viria bem a calhar para substitui-lo.

Vale lembrar que o projeto utilizará plataforma modular MQB, a mesma do Polo, com quem deve compartilhar a motorização 1.0 turbo flex (possível numa calibração mais mansa, tal qual o Up!, denominada 170 TSI).

Continua após a publicidade

Tanto que, durante a elaboração do visual, desde 2018, os designers o vinham chamando de “Polo SUV”.

Seu comprimento deve ficar na faixa de 4 metros, conforme já indicado por ninguém menos que o presidente da VW na América do Sul, Pablo di Si.

A0 SUV seria enfim a concretização do que o projeto Taigun se propôs a ser um dia Du Oliveira/Quatro Rodas

É bem mais do que os 3,68 m do Kwid (por isso a comparação entre ambos deve ser comedida), mas ainda aquém dos 4,06 m do Polo, o que denota o caráter compacto e mais popularesco do projeto.

Mais do que o SUV cupê Nivus.

Continua após a publicidade

É possível, ainda, que haja uma redução de entre-eixos em relação aos 2,56 m do Polo, o que faria do A0 SUV o veículo de menores dimensões entre todos os carros feitos sobre a plataforma MQB.

Assim, seria possível sua comercialização na Europa com posicionamento abaixo do T-Cross (que, por lá, é construído sobre os 2,56 m do hatch, e não sobre os 2,65 m do sedã Virtus, como no Brasil e na China).

Gol: qual será o futuro do veterano? Divulgação/Volkswagen

A grande surpresa é que sua chegada não deve afetar somente a veterana raposa. Com o desejo da VW de emplacar um “SUV de alto apelo popular” no mercado, o futuro dos subcompactos Up! e Gol também está ameaçado.

Segundo um informante, a ideia da fabricante com o A0 SUV é justamente ter um substituto único para seus três hatches de entrada.

Continua após a publicidade

Com isso, a Volkswagen reduziria custos de desenvolvimento sem perder rentabilidade (pelo contrário!) nem participação em vendas.

Up! corre o risco de morrer, mas sua base ainda pode ser aproveitada Divulgação/Volkswagen

É importante observar que a Volkswagen possui um projeto A00 voltado à América do Sul, que serviria inicialmente para assumir o lugar de Gol e Up!.

Caso mantenha o nome Gol, este produto terá de ser obrigatoriamente produzido em Taubaté, como parte de um acordo com o sindicato dos metalúrgicos local.

Suas informações ainda são escassas, mas ele deve aproveitar a base PQ12 do Up!, muito mais moderna do que a PQ24 usada nos dias atuais por Gol e Fox.

Continua após a publicidade

Ocorre que este projeto, cuja previsão inicial é que ganhasse vida até 2021, encontra-se congelado e não deve se tornar realidade antes do A0 SUV, este já programado para lançamento em 2022.

Até lá, os rumos a serem tomados por Gol e Up! são nebulosos.

Se o Fox tende mesmo a ser descontinuado em breve, QUATRO RODAS entende que o Up! pode passar por uma pequena atualização entre 2020 e 21 para sobreviver até 2024, quando o projeto completará dez anos de mercado.

Já o veterano Gol não deve ser tirado de linha pelo menos até a chegada do A0 SUV, sendo mantido no período como opção de entrada da marca no país, com vendas voltadas especialmente a frotistas.

Publicidade