Teste: Chevrolet Onix Effect, espírito esportivo

Chevrolet ressuscita a versão Effect para reforçar a liderança do Onix

Destaque para as rodas aro 15 na cor cinza Destaque para as rodas aro 15 na cor cinza

Destaque para as rodas aro 15 na cor cinza (Leo Sposito/Quatro Rodas)

O Onix será o automóvel mais vendido do país pelo terceiro ano consecutivo. No acumulado de 2017, são mais de 70.000 emplacamentos à frente do vice-líder Hyundai HB20, segundo dados da Fenabrave.

Mexendo em time que está ganhando, a Chevrolet resgatou a versão Effect, cujo apelo é o visual esportivo. A receita segue igual à do Effect lançado três anos atrás.

Inclui kit aerodinâmico (composto por spoilers dianteiro e traseiro e saias laterais), rodas de liga leve de 15 polegadas pintadas de cinza e teto com acabamento em preto brilhante.

Até os adesivos externos mantiveram o mesmo esquema de cores, mas agora são mais discretos.

Retrovisores e teto são pintados de preto Retrovisores e teto são pintados de preto

Retrovisores e teto são pintados de preto (Leo Sposito/Quatro Rodas)

Sem tantos adereços estéticos, o interior revela detalhes vermelhos em volta das saídas de ar e no volante com base achatada de boa empunhadura (emprestado da Montana), além de costuras vermelhas nos bancos e na coifa do câmbio.

Detalhes vermelhos dominam a cabine Detalhes vermelhos dominam a cabine

Detalhes vermelhos dominam a cabine (Leo Sposito/Quatro Rodas)

O carro das fotos veio com a cor Vermelho Carmim. A outra tonalidade disponível é a Branco Summit, mais discreta que o rubro.

Generosa, a lista de equipamentos baseada na versão LT inclui ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos nas portas dianteiras e volante multifuncional com regulagem de altura.

Como destaque está a prática central multimídia MyLink com suporte para Android Auto e Apple CarPlay. O equipamento trabalha em conjunto com o sistema telemático OnStar, dotado de serviços de concierge e rastreamento em caso de roubo.

Para saber mais sobre o OnStar, clique aqui.

Fácil de operar, a central multimídia MyLink traz Apple CarPlay e Android Auto Fácil de operar, a central multimídia MyLink traz Apple CarPlay e Android Auto

Fácil de operar, a central multimídia MyLink traz Apple CarPlay e Android Auto (Leo Sposito/Quatro Rodas)

Assim como a maioria das versões com apelo esportivo, não há mudanças no motor 1.4 Eco (106 cv), associado ao câmbio manual de seis velocidades. Inicialmente não haverá opção de transmissão automática, embora a própria GM tenha admitido essa possibilidade no futuro.

No dia a dia, a direção tem uma calibragem adequada para facilitar manobras de estacionamento e proporcionar segurança em velocidades mais altas. A embreagem é leve e a caixa de engates suaves facilita a vida do motorista.

A sexta marcha, aliás, contribui para os bons números de consumo obtidos na pista de testes: o Onix fez 10,6 km/l na cidade e 16 km/l na estrada.

Se o desempenho não impressiona, o preço mostra-se mais competitivo que o dos competidores. Por R$ 55.490, o Onix Effect é mais barato do que todos seus rivais, como mostra o texto abaixo.

Os esportivos de fachada têm público cativo há décadas

Não é de agora que as montadoras investem em versões com apelo esportivo apenas no visual. Basta lembrar de modelos como o Chevrolet Opala SS4 e o Ford Maverick GT4, nos anos 70, que tinham vários adereços estéticos, mas dispensavam os cobiçados motores de seis e oito cilindros.

Hoje, este nicho é pouco expressivo – representa, por exemplo, só 1,6% das vendas do HB20, segundo dados da consultoria Jato. Além do Onix, há vários modelos que disputam esse mesmo consumidor, mas pelo menos a Chevrolet sai na frente quando o assunto é preço.

O Onix Effect é mais barato do que todos seus concorrentes diretos: Fiat Palio Sporting 1.6 16V (R$ 56.960), Renault Sandero GT Line 1.6 (R$ 57.600), Ford Fiesta SE Style 1.6 (R$ 59.590), Hyundai HB20 R-Spec 1.6 16V (R$ 62.880) e Peugeot 208 Sport 1.6 16V (R$ 64.490).

Com a chegada do Novo Polo, a Volkswagen retirou algumas versões do Fox, entre elas, a Pepper – agora disponível apenas no Up! e Saveiro.

Teste de pista (com gasolina)

  • Aceleração de 0 a 100 km/h: 12,5 s
  • Aceleração de 0 a 1.000 m: 34,1 s – 153,6 km/h
  • Velocidade máxima: 180 km/h*
  • Retomada de 40 a 80 km/h (em D): 7,5 s
  • Retomada de 60 a 100 km/h (em D): 12,5 s
  • Retomada de 80 a 120 km/h (em D): 19,8 s
  • Frenagens de 60 / 80 / 120 km/h a 0: 17,7 / 29,1 / 71,4 m
  • Consumo urbano: 10,6 km/l
  • Consumo rodoviário: 16 km/l

Ficha técnica – Chevrolet Onix Effect

  • Preço: R$ 55.490
  • Motor: gas., diant., transv., 4 cil., 8V, 1.389 cm3; 106/98 cv a 6.000 rpm, 13,9/13 mkgf a 4.800 rpm
  • Câmbio: manual, 6 marchas, tração dianteiro
  • Suspensão: McPherson (diant.) / eixo de torção (tras.)
  • Freios: discos ventilados (diant.) / tambor (tras.)
  • Direção: elétrica, 10,4 m (diâmetro de giro)
  • Rodas e pneus: liga leve, 185/65 R15
  • Dimensões: comprimento, 395,8 cm; altura, 155,4 cm; largura, 173,7 cm; entre-eixos, 252,8 cm; peso, 1.092 kg; tanque, 54 l
  • Itens de série: vidros elétricos diant., OnStar, MyLink
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. George Ramos

    Para ficar melhor só precisaria do motor 1.6 16v do Sonic.

  2. Deivedy Lucas Zamboni Narciso

    O câmbio é manual, mas as retomadas indicam em marcha D.

  3. juliosergipe

    Itens de segurança que é bom, nada!!!!!

  4. Hugo Leonardo Dos Santos

    Retarded effect