Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Estes são os SUVs compactos mais econômicos no Brasil em 2022

Separamos os 10 SUVs compactos mais eficientes do Brasil. Há motores grandes, pequenos, turbo, aspirados e até híbridos

Por Bruno dos Santos Atualizado em 12 abr 2022, 17h59 - Publicado em 12 abr 2022, 17h53

Pode parecer um contrassenso exigir baixo consumo dos SUVs, que são mais alto e pesados que carros menores. Mas há opções de SUVs compactos econômicos e que não fogem tanto dos números de consumo de hatches. E isso é importante em tempos de combustíveis caros.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

Abaixo, listamos os SUVs compactos mais econômicos disponíveis no Brasil testados por QUATRO RODAS até agora. Todos eles foram testados com gasolina comum e ranqueados de acordo com a média PECO, que considera 55% de uso urbano e 45% de uso rodoviário. 

Outro ponto importante: carros que estão enquadrados no Proconve L7 estão identificados. Estes modelos receberam melhorias em emissões e, eventualmente, no consumo de combustível. Os demais ainda não tiveram unidades atualizadas disponibilizadas pelas fabricantes e podem estar ainda mais eficientes.

10 – Chevrolet Tracker LT: 13,0km/l

A versão de entrada do Chevrolet Tracker tem motor três-cilindros 1.0 turbo de 116 cv e 16,8 kgfm. O SUV compacto obteve médias de 11,7 km/l na cidade e de 14,5 km/l em ciclo rodoviário. Confira o teste completo aqui.

9 – Volkswagen Nivus Highline 200 TSI: 13,2 km/l

A versão topo de linha do SUV cupê da Volkswagen tem motor 1.0 turbo com injeção direta com 128 cv e 20,4 kgfm e está sempre combinado com câmbio automático. Tem médias de 11,5 km/l no consumo urbano e 15,2 km/l no rodoviário. Confira seu teste comparativo aqui.

8 – Hyundai Creta Ultimate 2.0 AT: 13,2 km/l (PL-7)

O coreano Creta Ultimate é o único modelo com motor 2.0 nesta lista. Também é o mais potente, com 167 cv, e mais econômico que as versões 1.0 turbo – que nem sequer se classificaram nesta lista. Fez médias de 11,5 km/l na cidade e 15,3 km/l em percurso rodoviário em nossos testes.

7 – Nissan Kicks Exclusive Pack Tech: 13,3km/l

Versão mais completa do Nissan Kicks, o Exclusive Pack Tech ainda tem o motor 1.6 16V aspirado de 114 cv e câmbio CVT com simulação de seis marchas. Fez média urbana de 12,1 km/l 14,8 km/l no rodoviário. Confira seu comparativo com o Chevrolet Tracker.

Continua após a publicidade

6 – Chevrolet Tracker Premier: 13,6 km/l

A versão Premier com o mesmo motor 1.0 turbo de 116 cv teve médias melhores que as do LT em nossos testes nos dois ciclos de medição: 12,1 km/l em regime urbano e 15,5 km/l no rodoviário. Ainda existe a versão Premier 1.2 turbo, que registrou médias de 11,3 km/l na cidade e 13,8 km/l na estrada.

5 – Volkswagen Nivus Comfortline 200 TSI: 14,2 km/l

Volkswagen Nivus Comfortline 200TSI (7)
Fernando Pires/Quatro Rodas

Com menos equipamentos que a versão Highline e rodas aro 16″ em vez de 17″, a versão de entrada do VW Nivus é mais eficiente. Registrou 12,6 km/l em ciclo urbano e 16,2 km/l no rodoviário. Confira o teste completo.

4 – Nissan Kicks Sense: 14,3 km/l

Novo Nissan Kicks Sense Manual
Novo Nissan Kicks Sense Divulgação/Quatro Rodas

A versão mais barata do Nissan Kicks tem menos equipamentos e, talvez por conta disso, aproveita melhor o rendimento do motor 1.6 aspirado. Conseguiu 13,1 km/l no consumo urbano e 15,7 km/l em ciclo rodoviário.

3 – Kia Stonic SX Hybrid: 14,5 km/l (PL-7)

O único compacto de nossa lista que não é flex também é o único híbrido. O Kia Stonic SX Hybrid tem motor 1.0 turbo de 118 cv auxiliado por um motor elétrico e câmbio de dupla embreagem e sete marchas. Esse é o segredo para médias de 13,1 km/l no ciclo urbano e 16,1 km/l no rodoviário.

2 – Fiat Pulse 1.3 manual: 15,0 km/l (PL-7)

Pulse Manual
Fiat Pulse 1.3 manual Fernando Pires/Quatro Rodas

O compacto da Fiat está presente no segundo lugar em sua versão MT. Sendo mais barato, o consumo aumenta um pouco, fazendo 12,8 km no urbano e 17,6 km em estradas. Contudo, ainda é um compacto bastante econômico.

1 – Fiat Pulse Drive 1.3 CVT: 15,2 km/l (PL-7)

Fiat Pulse 1.3 CVT
Fiat Pulse 1.3 CVT Fernando Pires/Quatro Rodas

O primeiro da nossa lista é justamente o Pulse Drive 1.3 equipado com câmbio CVT. Faz até 13km/l na cidade e mantém a economia maior ainda no consumo rodoviário, fazendo 17,8 km/l. Em outras palavras, superou SUVs compactos híbridos, com motor turbo (o Pulse Impetus 1.0 turbo nem sequer entrou na lista) e ele próprio com câmbio manual. É a prova que nem sempre carros automáticos gastam mais.

Fiat Pulse 1.3 CVT
Fernando Pires/Quatro Rodas
Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês