Clique e assine por apenas 8,90/mês

FCA adia SUV Fiat, Jeep 7 lugares e Renegade e Compass híbridos em um ano

Antonio Filosa, CEO da marca para a América Latina, confirmou que os planos da fabricante estão em revisão devido ao coronavírus

Por Daniel Telles - 22 abr 2020, 15h49
Líder do segmento, Jeep Compass terá versão híbrida importada a partir de 2021 Nelson dos Santos/Quatro Rodas

A pandemia do novo coronavírus vem causando transtornos para a FCA, controladora de marcas como Fiat e Jeep.

O grupo está com as fábricas no Brasil inoperantes desde 27 de março e na última semana fechou acordo para redução de salários e jornada de trabalho de seus funcionários.

Em uma live transmitida nesta quarta-feira (22) pelo site Automotive Business, o CEO da marca para a América Latina, Antonio Filosa, confirmou que os próximos lançamentos sofrerão atrasos.

Projeto 363: SUV derivado do Argo deve ficar para 2022 Autos Segredos/Quatro Rodas

De acordo com Filosa, os produtos que estavam previstos para 2021 e 2022 serão adiados em um ano.

Continua após a publicidade

Sendo assim, o SUV compacto da Fiat, derivado do Argo e chamado internamente de Projeto 363, que tinha previsão de lançamento para o primeiro semestre de 2021, deve chegar só em 2022.

Importações do Fiat 500 elétrico devem começar em 2021 Divulgação/Fiat

Já o segundo SUV da Fiat, acupezado, deve aparecer na sequência, no final de 2022. Os dois modelos serão produzidos na fábrica da marca em Betim (MG).

Outro modelo da marca italiana, o compacto Fiat 500 com motorização elétrica, seria apresentado no final deste ano. Mas agora chegará importado em 2021.

Outro lançamento importante da FCA para 2020 seria a nova linha de motores 1.0 e 1.3 turbo flex produzida em Betim (MG) e com produção prevista para iniciar em outubro.

Continua após a publicidade

Agora, os novos propulsores devem ser apresentados e começar a equipar os carros da marca a partir de 2021.

Nova geração da Strada será lançada assim que a crise do coronavírus diminuir Fernando Pires/Quatro Rodas

Desta maneira, para 2020 a Fiat deve ter apenas a nova Strada como lançamento. A picapinha já foi apresentada para imprensa, mas teve a chegada oficial foi adiada pelas restrições impostas pela pandemia e deve ocorrer em julho.

Quanto à Jeep, a ideia da FCA para a marca era apresentar no Salão do Automóvel de São Paulo as versões híbridas de Renegade e Compass, que serão importadas para o Brasil.

Entretanto, com o cancelamento da edição deste ano do evento e também devido à crise do coronavírus, a marca confirmou que as importações devem começar apenas em 2021.

Continua após a publicidade
Renegade e Compass híbridos também vêm importados, a partir de 2021 Nelson dos Santos/Quatro Rodas

Por fim, o SUV de sete lugares da Jeep, que será fabricado na planta de Goiana (PE) e estava previsto para 2022, deve ficar para 2023.

De acordo com Filosa, a ideia da FCA é retomar gradualmente a produção nas fábricas a partir de maio, fazendo testes para verificar a possibilidade de se normalizar as atividades por completo em junho.

O executivo projeta uma queda de 40% em relação ao desempenho de vendas do ano passado e prevê uma recuperação total somente para 2023.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de abril da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Publicidade