Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Carros mais antigos à venda no Brasil sairão de linha até 2022

Novas regras de emissões e ruídos fechará o cerco a carros que não são atualizados há muitos anos

Por Henrique Rodriguez Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 18 nov 2021, 15h29 - Publicado em 25 set 2021, 00h29
carros saindo de linha
(arte/Quatro Rodas)

As regras de emissões e ruído Proconve PL 7, que passam a valer para todos os automóveis novos a partir de 1° de janeiro 2022, podem ter o mesmo efeito na oferta de carros novos que a obrigatoriedade de airbags e freios ABS nos carros produzidos a partir de 2014. 

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90. 

As novas normas vão forçar os carros com projetos mais antigos à venda hoje no Brasil a sair de linha antes que o ano acabe. A idade média do projetos dos carros vendidos a partir de 2022 vai reduzir drasticamente.

Continua após a publicidade

O mais difícil será cumprir com as novas exigências de controle das emissões evaporativas, o que exige um cânister de maior volume e uma medição diferente. O limite será de 0,5 g/dia em testes de 48 horas. Alguns carros não cumprem essas exigências e a atualização de seus sistemas pode não ser interessante. 

Fiat Doblò terá ISOFIX e Top Tether para continuar em linha pelo menos até 2021

Continua após a publicidade

De acordo com o jornalista Fernando Calmon, os Fiat Doblò (lançado no Brasil em 2002), Uno (2010) e Grand Siena (2012), projetos mais antigos da fabricante italiana, terão sua produção interrompida em 31 de dezembro. A oferta dos três seguiria por mais alguns meses, enquanto houver estoque.

Fiat Uno Attractive 1.0 e Way 1.3
Fiat Uno (Divulgação/Fiat)

A Fiat, inclusive, já havia sugerido a possibilidade do Uno deixar de ser fabricado no Brasil ou até seguir em produção, mas apenas para ser exportado a países vizinhos como acontece hoje com o Toyota Etios. Seria uma forma de nos preparar para a despedida de um carro tão marcante.

vw-fox-2022
Volkswagen Fox Connect (Divulgação/Volkswagen)

A Volkswagen, que acaba de tirar de linha o Up!, fará o mesmo com o Fox. O hatch compacto, hoje campeão no custo-benefício, até já é vendido como linha 2022. Contudo, seria apenas uma estratégia para que o estoque formado antes que o ano acabe dure por alguns bons meses sem ficar mais datado do que um projeto lançado em 2003 poderia ser naturalmente.

Continua após a publicidade
Hyundai tem leds nas luzes de posição e nos retrovisores
ix35 é o mais vendido das três gerações do SUV (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Outro carro datado que também está nas últimas, de acordo com Calmon, é o Hyundai iX35, lançado no Brasil em 2010. Ele já foi o carro da moda, mas você certamente não lembrava que ele ainda está em produção.

Peugeot-Partner

Continua após a publicidade

Outros três carros mais antiguinhos já saíram de linha em 2021. É o caso da Chevrolet Montana (2011), do Citroën C3 (2012) e do Citroën Aircross (2010). Nessa toada, o carro com projeto mais velho vendido no Brasil poderia passar a ser o Peugeot Partner, lançado no século passado, em 1999. Isso se ele também não sair de linha.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Capa Maio 2021

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.