Clique e assine com até 75% de desconto

Novo Hyundai ix35 chinês acompanha Tucson e muda drasticamente o visual

O modelo chega ao mercado chinês em novembro apenas com mudanças estéticas, mas não deve desembarcar por aqui

Por Gabriel Monteiro 5 out 2020, 16h19
Novo IX35 Chinês
As principais mudanças foram feitas no para-choque, faróis e grade Reprodução/Internet

A quarta geração da Hyundai Tucson ganhou um visual invocado e foi seguida de perto por seu irmão, o ix35. Anunciado para o mercado chinês já para o fim deste ano, o modelo sofreu grandes mudanças estéticas para acompanhar o novo estilo da montadora ditado pelo Tucson e pelo Hyundai Sonata.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Mecânicamente, porém, nehuma novidade. O modelo ainda será oferecido com os motores 1.4 turbo e 2.0 aspirado em opções com o câmbio manual de seis marchas ou automático de sete velocidades.

Na dianteira, as principais mudanças foram feitas no para-choque, faróis e grade. O novo visual ficou muito mais agressivo e ganhou certa personalidade que pode revitalizar as vendas do modelo no mercado chinês.

  • A traseira também recebeu atenção dos designers da marca e ela conta com mudanças no para-choque, luzes e até no recorte do porta-malas.

    Continua após a publicidade
    Traseira novo IX35 chinês
    Reprodução/Internet

    O novo ix35 ainda ganhou um  pequeno acréssimo de 1,5 cm em seu comprimento. As dimensões do novo SUV ficam, então, nos 450 cm de comprimento, 185 cm de largura, 168 cm de altura e uma distância entre-eixos de 264 cm.

    No Brasil, o modelo ainda é vendido como a segunda geração do Tucson e pode não ver essas mudanças tão cedo.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de setembro da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Continua após a publicidade
    Publicidade