Clique e assine por apenas 8,90/mês

Rival do Compass, VW Tarek começa a ser feito. Mas você não o verá tão já

Novo SUV médio chega entre o final deste ano e o princípio de 2021 para rivalizar com o Jeep Compass

Por Daniel Telles - 4 fev 2020, 16h34
Na China modelo é batizado de Tharu. Versão brasileira deve receber algumas alterações no design Divulgação/Volkswagen

A Volkswagen deu início nesta semana, em sua fábrica de General Pacheco, região metropolitana de Buenos Aires, Argentina, a produção em pré-série do seu novo SUV médio, batizado provisoriamente de Tarek.

Pré-série é o nome dado às primeira unidades produzidas, utilizadas para validar a linha de montagem antes de ser dado início à fabricação em série.

A chegada do modelo é prevista para o final deste ano ou início de 2021, mas seu nome definitivo ainda não foi divulgado. Aliás, o visual do modelo será diferente do Tharu feito na China, modelo de quem o projeto Tarek herdará a estrutura.

O SUV será posicionado no mercado entre T-Cross e Tiguan, para rivalizar com o Jeep Compass, atual líder do segmento.

Continua após a publicidade

O modelo será desenvolvido sobre a plataforma MQB A, a mesma de Tiguan e Golf, e terá 4,45 m de comprimento, por 1,84 m de largura e 1,63 m de altura. O entre-eixos será de 2,68 m – 5 cm maior que o Compass.

Primeiros modelos já estão em produção para validar a linha de montagem Divulgação/Volkswagen

Sob o capô já está confirmado o motor 1.4 TSI de 150 cv de potência e 25,5 kgfm de torque, sempre em conjunto com câmbio automático Tiptronic de seis marchas.

Já a suspensão será independente nas quatro rodas, com conjunto multilink no eixo traseiro.

Na China, painel tem acabamento melhor que o do T-Cross Divulgação/Volkswagen

A ideia da Volks é apresentar o SUV no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro. Entretanto, as recentes desistências de grandes marcas de participar do evento podem fazer com que a fabricante alemã mude seus planos.

Continua após a publicidade

A plataforma do Tarek, incluindo a cabine da ponta até a coluna B, servirão de base para gerar a picape Tarok, que chegaria para rivalizar com a Fiat Toro, mas cuja produção no Brasil ou na Argentina ainda está em estudo.

Vale lembrar que, além do Tarek, há outros dois SUVs para serem lançados pela VW nos próximos dois anos.

O primeiro é o Nivus, SUV cupê compacto derivado do Polo, que será produzido em São Bernardo do Campo (SP) e tem previsão de lançamento para a segunda quinzena de maio.

O outro, com projeto nomeado de A0 SUV, será subcompacto (abaixo de T-Cross e Nivus), com chegada prevista para 2022 e fabricação na planta de Taubaté (SP).

Publicidade