Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Rival do Compass, VW Tarek começa a ser feito. Mas você não o verá tão já

Novo SUV médio chega entre o final deste ano e o princípio de 2021 para rivalizar com o Jeep Compass

Por Daniel Telles 4 fev 2020, 16h34
Na China modelo é batizado de Tharu. Versão brasileira deve receber algumas alterações no design Divulgação/Volkswagen

A Volkswagen deu início nesta semana, em sua fábrica de General Pacheco, região metropolitana de Buenos Aires, Argentina, a produção em pré-série do seu novo SUV médio, batizado provisoriamente de Tarek.

Pré-série é o nome dado às primeira unidades produzidas, utilizadas para validar a linha de montagem antes de ser dado início à fabricação em série.

A chegada do modelo é prevista para o final deste ano ou início de 2021, mas seu nome definitivo ainda não foi divulgado. Aliás, o visual do modelo será diferente do Tharu feito na China, modelo de quem o projeto Tarek herdará a estrutura.

O SUV será posicionado no mercado entre T-Cross e Tiguan, para rivalizar com o Jeep Compass, atual líder do segmento.

O modelo será desenvolvido sobre a plataforma MQB A, a mesma de Tiguan e Golf, e terá 4,45 m de comprimento, por 1,84 m de largura e 1,63 m de altura. O entre-eixos será de 2,68 m – 5 cm maior que o Compass.

Primeiros modelos já estão em produção para validar a linha de montagem Divulgação/Volkswagen

Sob o capô já está confirmado o motor 1.4 TSI de 150 cv de potência e 25,5 kgfm de torque, sempre em conjunto com câmbio automático Tiptronic de seis marchas.

Continua após a publicidade

Já a suspensão será independente nas quatro rodas, com conjunto multilink no eixo traseiro.

Na China, painel tem acabamento melhor que o do T-Cross Divulgação/Volkswagen

A ideia da Volks é apresentar o SUV no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro. Entretanto, as recentes desistências de grandes marcas de participar do evento podem fazer com que a fabricante alemã mude seus planos.

A plataforma do Tarek, incluindo a cabine da ponta até a coluna B, servirão de base para gerar a picape Tarok, que chegaria para rivalizar com a Fiat Toro, mas cuja produção no Brasil ou na Argentina ainda está em estudo.

  • Vale lembrar que, além do Tarek, há outros dois SUVs para serem lançados pela VW nos próximos dois anos.

    O primeiro é o Nivus, SUV cupê compacto derivado do Polo, que será produzido em São Bernardo do Campo (SP) e tem previsão de lançamento para a segunda quinzena de maio.

    O outro, com projeto nomeado de A0 SUV, será subcompacto (abaixo de T-Cross e Nivus), com chegada prevista para 2022 e fabricação na planta de Taubaté (SP).

    Continua após a publicidade
    Publicidade