Clique e assine por apenas 8,90/mês

VW Amarok V6 passará a ter 258 cv e voltará a ser picape mais potente

Antiga versão de 224 cv não equipará mais nenhuma versão da picape produzida na Argentina; produção começa em fevereiro e lançamento será em março

Por Daniel Telles - 31 jan 2020, 15h44
A Amarok V6 é dona da maior caçamba e capacidade de carga do segmento Christian Castanho/Quatro Rodas

A fábrica da Volkswagen em Pacheco, Argentina, começará no dia 7 de fevereiro a produzir a Amarok com uma versão recalibrada do motor V6.

O propulsor recebeu uma reconfiguração em sua parte eletrônica para gerar 258 cv de potência e 59,14 mkgf de torque.

Motor V6 3.0 TDI que equipa a Amarok será capaz de gerar 258 cavalos em sua versão convencional e 272 cv com overboost Christian Castanho/Quatro Rodas

A novidade é que o motor remapeado substituirá o antigo, de 224 cv e 56,08 mkgf, em todas as versões V6 da picape.

Sendo assim, pode-se prever que o modelo virá ao Brasil, já que toda a linha Amarok vendida por aqui é importada da Argentina. A não ser que a fabricante decida não oferecer mais a configuração V6 por aqui…

Continua após a publicidade
Nova versão Black Style é a novo topo de linha na Argentina Divulgação/Volkswagen

Desta forma, o modelo da Volks deve retomar o posto de picape mais potente a venda por aqui.

Por enquanto, o título pertence à Toyota Hilux GR Sport, equipada com motor V6 a gasolina, capaz de gerar 234 cv de potência e 38,3 mkgf de torque.

O lançamento oficial da Amarok com o motor mais potente ocorre em março na Argentina. A chegada ao Brasil deve acontecer na sequência.

Procurada por e-mail no fim desta manhã, a assessoria da VW não se manifestou até a publicação deste artigo.

Publicidade