Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Mercedes-AMG G 63 da Brabus tem 900 cv e anda como superesportivo

Limitado a apenas 25 unidades, o jipão preparado custa caro até para os padrões europeus

Por Pedro Henrique Oliveira Atualizado em 19 jun 2021, 17h22 - Publicado em 18 jun 2021, 19h25
BRABUS AMG G 63
O Mercedes AMG G 63 foi o novo escolhido para ganhar o pacote 900 Rocket, da alemã Brabus Brabus/Divulgação

Em fevereiro, o atacante do time da Juventus, Cristiano Ronaldo, foi presenteado pela namorada com nada menos do que um Mercedes-AMG G 63 preparado pela Brabus, especializada em deixar os esportivos da Mercedes-Benz ainda mais poderosos. Porém, o presentão do maior goleador da seleção portuguesa já ficou para trás.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90. 

Isso porque a Brabus passou a oferecer para o AMG G 63 uma preparação de ainda mais respeito, a 900 Rocket. Com isso, o jipão promete ser um dos SUVs mais agressivos já oferecidos no mercado. Basta o cliente desembolsar 571.270 euros, cerca de R$ 3,5 milhões em conversão direta, e ser tão rápido quanto o carro: a empresa planeja produzir apenas 25 unidades.

BRABUS AMG G 63 cinza visto 3/4 de trás
Apenas 25 unidades irão receber o novo pacote, o que faz com o preço ultrapasse a casa dos R$ 3 milhões pela cotação atual Brabus/Divulgação

Debaixo do capô está um motor V8 4.5 biturbo que, com as preparações da Brabus, é capaz de gerar 900 cv e quase 127,5 kgfm. A aceleração de 0 até 100 km/h ficará próxima dos 3,7 segundos, segundo a empresa. O número surpreende para o tamanho e peso do modelo, além de seu formato “caixote” que não ajuda na aerodinâmica. 

Como comparação, o Lamborghini Urus faz o mesmo percurso em 3,6 segundos, contra os 3,8 segundos do Audi RS Q8. A nova configuração do Porsche Cayenne Coupé Turbo, ainda não revelada, também foi classificada com um dos SUVs mais rápidos do mundo ao conquistar um novo recorde em Nürburgring. Ela promete ir de 0 a 100 km/h em um tempo próximo dos concorrentes citados.

BRABUS AMG G 63 cinza visto de lado
O visual “quadradão” faz com que a aerodinâmica não seja um ponto forte do modelo Brabus/Divulgação

Por ter um visual mais “quadradão”, o potencial aerodinâmico do SUV é baixo, o que torna necessárias as alterações feitas pela empresa para potencializar ao máximo a aerodinâmica. Dito isso, o modelo terá a velocidade máxima limitada eletronicamente a 280 km/h. 

Continua após a publicidade

Para uma experiência ainda mais esportiva, o cliente poderá ajustar a suspensão do modelo. Para dar um visual ainda mais chamativo, as rodas são enormes e com fibra de carbono aparente. O G63 Brabus utilizará pneus 295/30 R24 na dianteira e 355/25 R24 na traseira .

Roda do BRABUS AMG G 63
O Mercedes-Benz AMG G 63 customizado terá rodas de aro 24 e inúmeros detalhes em fibra de carbono Brabus/Divulgação

O AMG G 63 900 Rocket possui ainda o pacote Widestar da empresa alemã, que inclui um capô com relevo e entradas de ar, e difusor dianteiro mais esportivo, com o logotipo da empresa na grade, substituindo a clássica estrela de três pontas da Mercedes. Na parte traseira, há um grande aerofólio no teto e um difusor para ampliar a aerodinâmica do modelo. 

Difusor traseiro do BRABUS AMG G 63
Ao longo de todo o SUV é possível avistar o logotipo da Brabus ou o nome da empresa escrito por extenso Brabus/Divulgação

A empresa utilizou diversas peças em fibra de carbono espalhadas pelo carro, como em maçanetas, retrovisores, grades, para-lamas, saias dos para-choques, nas entradas de ar do capô e até para identificar a preparadora na traseira do jipão. O cliente que adquirir o “super SUV” poderá escolher entre duas cores, uma preta clássica e outra chamada de cinza furtivo. 

BRABUS AMG G 63 preto visto 3/4 de frente
A empresa disponibiliza o “super SUV” em duas cores: preto clássico e cinza furtivo Brabus/Divulgação

No interior, a aparência é igualmente extravagante com uma grande profusão de detalhes em vermelho (chamado de Vermelho Rocket), em frisos, bordas, botões, raios do volante, saídas de ar e até nos pedais. Os pedais e detalhes na maçaneta são de alumínio.

Há também partes em fibra de carbono, como a alça no painel à frente do passageiro, o console central e o puxador das portas. Os bancos esportivos têm costuras em vermelho.

BRABUS AMG G 63
O visual interno conta com acabamento em tom vermelho chamado de “Rocket” Brabus/Divulgação

Além o acabamento duvidoso, o interior destaca as duas grandes telas unidas que servem como quadro de instrumentos e central multimídia. As saídas de ar têm desenho inspirado na aviação e os comandos dos vidros nos fazem lembrar dos modelos da Land Rover, posicionados na parte superior das portas.

BRABUS AMG G 63
O SUV personalizado irá de 0 a 100 km/h em impressionantes 3,7 segundos Brabus/Divulgação

 

O jipão já recebeu outras personalizações exóticas, contando com carroceria blindada, bancos traseiros que se tornam “sala de estar” e até televisão 4K e frigobar.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Capa de QUATRO RODAS 746
A edição 746 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade
Publicidade