Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Mercedes-AMG G 63 vira limusine à prova de tiro de fuzil e com sala de TV

Jipão alemão teve carroceria blindada e alongada, de modo que bancos traseiros se tornaram sala de estar luxuosa com TV 4K e frigobar

Por Daniel Telles Atualizado em 21 ago 2020, 12h43 - Publicado em 21 ago 2020, 08h00
De acordo com fabricante, este G63 aguenta a explosão de duas granadas simultaneamente Canada’s Inkas Armored/Divulgação

O Mercedes-AMG G63 por si só já é um SUV que atrai atenção de quem o vê passar. Mas nem por isso a empresa de customização Canadas Inkas Armored abriu mão de deixar o jipão ainda mais chamativo.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Para isso a empresa alongou a carroceria do carro, de forma a deixá-lo com aspecto de uma limusine. E mesmo assim o interior foi montado para acomodar apenas quatro passageiros, incluindo o motorista.

Carroceria foi alongada para ficar com aspecto de Limousine Canada’s Inkas Armored/Divulgação

Na parte traseira, há duas enormes poltronas totalmente reclináveis, com aquecimento, resfriamento e até massagem. Ambas ficam posicionadas de frente para um televisão 4K retrátil, para ser possível a comunicação com os passageiros da frente.

Com aspecto de uma sala de estar das mais confortáveis, a segunda fileira ainda tem frigobar, sistema de som premium com múltiplas caixas de som e forro ajustado para imitar a luz do dia.

Interior tem TV com plataformas de vídeo, poltrona 100% reclinável e até frigobar Canada’s Inkas Armored/Divulgação

Além do alto luxo, este AMG G63 também entrega muita segurança.

Isso porque a empresa canadense blindou o carro de forma que ele aguente até mesmo tiros de fuzil 7.62 e a explosão de duas granadas ao mesmo tempo.

Motor é o mesmo V8 4.0 de 577 cv da versão convencional Canada’s Inkas Armored/Divulgação

O motor, pelo menos, ainda é o mesmo V8 4.0 biturbo de 577 cv e 86,7 kgfm da versão convencional.

  • Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Fernando Pires/Quatro Rodas
    Continua após a publicidade
    Publicidade