Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Flagrada em testes, nova Chevrolet Montana tem semelhanças com Trailblazer

Imagens revelam uma picape intermediária com faróis divididos e porte de Fiat Toro e Renault Oroch, suas futuras rivais

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 20 out 2021, 18h05 - Publicado em 19 out 2021, 17h12

A Chevrolet já tem protótipos da nova geração da picape Montana no Brasil (importados da China, por sinal), mas os primeiros flagras vieram da Coreia do Sul. Um protótipo da nova picape já com carroceria definitiva foi flagrado pelo site local Auto Post e revela que não há, aparentemente, qualquer relação visual entre a Montana e o Tracker.

Assine Quatro Rodas por apenas R$ 12,90

Na realidade, a nova Chevrolet Montana aparenta maiores semelhanças mesmo é com o crossover Trailblazer (não confundir com o SUV da S10), vendido na própria Coreia do Sul, na China, nos Estados Unidos e na Rússia.

nova-chevrolet-montana-2022-2023
Auto Post/Reprodução

Os flagras não só confirmam a dianteira com os faróis divididos, à moda da Fiat Toro, como revelam que as portas dianteiras são muito semelhantes com as do Trailblazer produzido localmente.

2021-chevy-trailblazer
Divulgação/Chevrolet

A coluna C larga pode ajudar a tornar o espaço interno maior, mas a primeira impressão é de que a caçamba não é tão grande assim. Fica bem próxima do tamanho de outras picapes de porte intermediário, como Toro e Renault Oroch. Como bem notou o Autos Segredos, as rodas de maior diâmetro contribuem para que a picape fique mais alta.

nova-chevrolet-montana-2022-2023
Auto Post/Reprodução

Outros elementos confirmam detalhes vistos há alguns meses, quando a Chevrolet divulgou o primeiro teaser da picape. É o caso do rack no teto e a inclinação da coluna A. Na traseira não se nota grandes destaques no design. Como mostramos em projeção, as lanternas serão pequenas, bem na parte superior da traseira.

Continua após a publicidade

A Chevrolet se antecipou bastante na divulgação da nova picape, que herda o nome da antiga Montana, fora de linha desde abril. Contudo, sua primeira aparição oficial será apenas daqui a um ano e o início das vendas está previsto para o início de 2023 apenas.

Picape terá faróis divididos, como a rival Fiat Toro
Picape terá faróis divididos, como a rival Fiat Toro Renato Aspromonte/Quatro Rodas

Ela será fabricada em São Caetano do Sul (SP), junto com o Tracker. A linha de montagem já começou a ser adaptada para a produção da picape de porte intermediário, aproveitando o tempo que a produção na unidade foi paralisada por falta de insumos.

A base da Chevrolet Montana 2023 é a plataforma global GEM, a mesma de Onix e Tracker. Por sinal, o Chevrolet Trailblazer usa a plataforma VSS-F, da qual a GEM é uma variante simplificada. 

Chevrolet Montana
Traseira reta terá marca em relevo na tampa Renato Aspromonte/Quatro Rodas

Inclusive a mecânica da picape será parecida com a do crossover asiático. Os primeiros protótipos da nova Montana que chegaram ao Brasil têm motor três-cilindros 1.2 flex rendendo os mesmos 132/133 cv que rende no Tracker Premier, mas combinados com câmbio manual de seis marchas – uma combinação exclusiva da picape. Mesmo com câmbio manual, a picape tem piloto automático.

Espera-se, também, um motor mais potente que o conhecido 1.2. A principal opção recai sobre o três-cilindros 1.3 turbo usado pelo Trailblazer. Com injeção direta, ele entrega de 163 cv. Independente do motor, haverá opção de câmbio automático de seis marchas. 

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

capa
arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade