Clique e assine por apenas 8,90/mês

Versão definitiva do novo VW Polo é flagrada no Brasil

Hatch já circula sem camuflagem pesada pelas estradas do interior paulista

Por Vitor Matsubara - Atualizado em 7 abr 2017, 19h36 - Publicado em 6 abr 2017, 14h47
Apresentação oficial do hatch será realizada no Salão de Frankfurt Acervo/Quatro Rodas

A nova geração do VW Polo será a principal estrela da marca alemã no Salão de Frankfurt. Enquanto não chega a hora, a VW realiza vários testes com o veículo pelo mundo, inclusive no Brasil, onde o carro já havia sido flagrado disfarçado de Golf. Desta vez, porém, conseguimos fotografá-lo com uma camuflagem mais leve.

O encontro com o Polo foi bastante inesperado: o veículo saiu de uma estrada de terra e surgiu praticamente à frente do nosso fotógrafo durante uma viagem ao interior de São Paulo – daí a qualidade do registro não ser tão boa.

Conseguimos fazer uma imagem, mas, assim que notou nossa presença, o Up! TSI que acompanhava o protótipo camuflado “protegeu” a traseira do veículo antes que ambos saíssem em disparada para nos despistar.

A foto revela que o desenho da traseira aparenta ser o mesmo do veículo flagrado há alguns dias na África do Sul, com lanternas hexagonais em posição mais baixa e tampa do porta-malas com recortes retos na área superior e uma linha mais curva na parte inferior. O para-choque é bastante vincado, dando a impressão de maior largura.

Continua após a publicidade
Reprodução/ cars.co.za/Quatro Rodas
Reprodução/ cars.co.za/Quatro Rodas

O novo Polo terá dimensões maiores que o modelo atualmente vendido na Europa. Fala-se em comprimento 20 cm maior, passando dos 3,97 m para 4,17 m. Parte disso se deve ao uso da nova plataforma MQB A0, estreada pelo novo Seat Ibiza e que será compartilhada com a nova geração do Audi A1. Ela proporcionaria redução de peso na ordem dos 70 kg.

A plataforma MQB A0 também terá um derivado sedã feito sob medida para o Brasil, com tamanho intermediário entre o Voyage e o Jetta. No último Salão de Genebra, a Volks até confirmou seu nome: Virtus.

reprodução/Youtube

No Brasil, as motorizações escolhidas devem ser a 1.0 TSI (com uma calibragem semelhante à utilizada no Golf), 1.0 MPI de três cilindros e 1.6 MSI. Lá fora, ele deverá dispor do novo 1.5 TSI, que deve substituir o 1.4 TSI em toda a linha Volks europeia.

Além do hatch e do sedã, a nova família de compactos da VW contará com um inédito SUV compacto e uma picape com porte intermediário entre as atuais Saveiro e Amarok, para concorrer com a Fiat Toro.

Continua após a publicidade

 

Publicidade