Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Fim do Logan? Renault Taliant surge na Turquia e antecipa sedã nacional

Taliant tem visual mais elaborado e pode fazer parte do plano da Renault brasileira de melhorar imagem dos produtos vendidos no País

Por Igor Macario Atualizado em 13 Maio 2021, 14h57 - Publicado em 12 mar 2021, 08h00
renault-taliant
Taliant tem linhas próximas às de modelos maiores da Renault Divulgação/Renault

A Renault até tem um novo ciclo de lançamentos no Brasil válido até meados do ano que vem, mas as novas gerações dos Renault Sandero e Logan não está contemplada. Ficaram para o início de 2023.

Mas não precisamos esperar até lá para saber como será o novo sedã. A Renault revelou o sedã Taliant na Turquia, o que pode acenar para qual será o futuro, ao menos do Logan, no mercado brasileiro. Isso porque existe a possibilidade de que as versões nacionais dos dois modelos tenham diferenças em relação aos modelos europeus.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7,90

Nesse contexto, o Taliant poderá se tornar o nosso Logan, com seu visual mais elaborado que o dos “primos” da Romênia. A Renault, aliás, chegou a registrar o nome Taliant no Brasil em 2020, embora a mudança de nome ainda não esteja certa. O Logan ainda é um nome forte para a Renault brasileira e poderá continuar no novo modelo.

taliant
Divulgação/Renault

A mudança em relação ao Logan europeu faz parte do projeto da Renault de melhorar sua imagem por aqui, oferecendo produtos ligeiramente mais refinados. Por isso o modelo tem linhas mais próximas dos sedãs maiores da Renault, e até mesmo usa emblemas da marca francesa, em vez de ser vendido como Dacia.

renault-taliant
Divulgação/Renault

No entanto, a plataforma é a mesma da linha Sandero e Logan europeias, com a base CMF-B. Mas o visual é bem mais “chique” do que os modelos romenos. Na dianteira, O Taliant tem grade tem formato exclusivo e alinhado com a linguagem mais recente da Renault, enquanto os faróis têm formato próximo dos usados pelo Renault Mégane.

Continua após a publicidade

Ainda assim, podem-se esperar mudanças sutis para adequar o desenho ao gosto brasileiro.

renault-taliant
Divulgação/Renault

Já a cabine deverá ser mais parecida com a do Logan europeu, e do Duster já atualizado por aqui. A central multimídia ganha destaque no painel, e a cabine deverá ter materiais melhores, muito bem-vindos diante da simplicidade dos Logan atuais.

Mas, além de um visual bem mais luxuoso do que os sedã romeno, o Taliant também deverá ter mudanças sob o capô, ao menos por aqui. O modelo brasileiro poderá ser equipado com um inedito 1.0 três cilindros turbo de origem indiana. O propulsor deverá ser acoplado a transmissões manual ou CVT.

renault-taliant
Divulgação/Renault

A versão brasileira, ao menos por enquanto, não terá versões elétricas ou híbridas, como os primos romenos.

O novo carro é aguardado para 2022 no mercado nacional, junto com os irmãos Sandero e Stepway, que poderão passar pelo mesmo “banho de loja” e ficar diferentes de seus correspondentes europeus.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

QR - CAPA 742 - FEVEREIRO
Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade
Publicidade