Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Como a velocidade máxima é limitada eletronicamente em um carro?

Há várias razões para limitar a velocidade, que vai de legislação a restrição dinâmica

Por Da Redação
Atualizado em 11 Maio 2021, 16h03 - Publicado em 11 set 2018, 18h47
Chevrolet Captiva
A máxima do Captiva V6 era limitada a 160 km/h (Divulgação/Chevrolet)

É simples: usa-se a injeção eletrônica. Há várias razões para limitar a velocidade, que vai de legislação (para atender a leis locais) a restrição dinâmica, como o antigo Chevrolet Captiva.

Apesar de ter um V6 de 261 cv, o SUV de suspensão macia e centro de gravidade alto tinha uma máxima de 160 km/h.

Pode haver também impedimentos técnicos, como no Bugatti Veyron e Chiron. Ambos os hiperesportivos são capazes de ir além da velocidade máxima oficial, mas isso sobrecarregaria seus pneus feitos sob medida.

Como há muito tempo os carros usam acelerador eletrônico, a injeção simplesmente interrompe a aceleração no ponto predeterminado pela fabricante, permitindo a passagem de ar e combustível apenas para manter a velocidade máxima limitada.

Continua após a publicidade

250 km/h

BMW M5
A nova BMW M5 é um monstro de 600 cv – que só passa dos 250 km/h se você pagar a mais (Divulgação/BMW)

Um acordo de cavalheiros entre a maioria das montadoras alemãs e o governo local também fez com que a esmagadora maioria dos esportivos da Audi, BMW, Mercedes e Volkswagen não ultrapassasse os 250 km/h.

O limite seria uma contrapartida das empresas à manutenção de diversos trechos de autoestrada (autobahn, em alemão) sem qualquer restrição de velocidade.

Com a chegada de modelos cada vez mais potentes e a concorrência da Porsche, que nunca aderiu ao acordo, porém, as marcas gradualmente vêm alterando o limite de seus veículos.

Continua após a publicidade

A estratégia de empresas como Mercedes e BMW é aumentar (por um custo adicional) a velocidade máxima para 280 km/h ou 300 km/h, dependendo do veículo.

Diversos proprietários, no entanto, procuram remover a restrição por conta própria, usando kits de tuning ou fazendo modificações no sistema de injeção eletrônica.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.