Como a velocidade máxima é limitada eletronicamente em um carro?

Há várias razões para limitar a velocidade, que vai de legislação a restrição dinâmica

Chevrolet Captiva A máxima do Captiva V6 era limitada a 160 km/h

A máxima do Captiva V6 era limitada a 160 km/h (Divulgação/Chevrolet)

É simples: usa-se a injeção eletrônica. Há várias razões para limitar a velocidade, que vai de legislação (para atender a leis locais) a restrição dinâmica, como o antigo Chevrolet Captiva.

Apesar de ter um V6 de 261 cv, o SUV de suspensão macia e centro de gravidade alto tinha uma máxima de 160 km/h.

Pode haver também impedimentos técnicos, como no Bugatti Veyron e Chiron. Ambos os hiperesportivos são capazes de ir além da velocidade máxima oficial, mas isso sobrecarregaria seus pneus feitos sob medida.

Como há muito tempo os carros usam acelerador eletrônico, a injeção simplesmente interrompe a aceleração no ponto predeterminado pela fabricante, permitindo a passagem de ar e combustível apenas para manter a velocidade máxima limitada.

250 km/h

BMW M5 A nova BMW M5 é um monstro de 600 cv – que só passa dos 250 km/h se você pagar a mais

A nova BMW M5 é um monstro de 600 cv – que só passa dos 250 km/h se você pagar a mais (Divulgação/BMW)

Um acordo de cavalheiros entre a maioria das montadoras alemãs e o governo local também fez com que a esmagadora maioria dos esportivos da Audi, BMW, Mercedes e Volkswagen não ultrapassasse os 250 km/h.

O limite seria uma contrapartida das empresas à manutenção de diversos trechos de autoestrada (autobahn, em alemão) sem qualquer restrição de velocidade.

Com a chegada de modelos cada vez mais potentes e a concorrência da Porsche, que nunca aderiu ao acordo, porém, as marcas gradualmente vêm alterando o limite de seus veículos.

A estratégia de empresas como Mercedes e BMW é aumentar (por um custo adicional) a velocidade máxima para 280 km/h ou 300 km/h, dependendo do veículo.

Diversos proprietários, no entanto, procuram remover a restrição por conta própria, usando kits de tuning ou fazendo modificações no sistema de injeção eletrônica.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s