Clique e assine por apenas 8,90/mês

BMW X5

Terceira geração do SUV de luxo estreia no Brasil com versões de 5 e 7 lugares

Por Péricles Malheiros | Fotos Marco de Bari - Atualizado em 9 nov 2016, 10h41 - Publicado em 5 jan 2014, 20h56
impressoes

Quando a BMW lançou o X5 por aqui, em 2000, o mercado se abriu para os SUVs de alto luxo. Ao lado do rival Mercedes ML, ele logo conquistou um público acostumado a rodar em sedãs de alto padrão. Era a maneira de subir mais um pouco na escala automotiva, literalmente. Mais maduros, os SUVs de luxo ganharam requinte com o tempo. Também evoluíram muito em mecânica e equipamentos de segurança. A terceira geração do X5, já disponível nas concessionárias, é a melhor prova disso.

Para nossa avaliação, a marca enviou um X5 xDrive50i Endurance novinho. O modelo estava equipado com o único opcional da linha 2014: uma terceira fileira de bancos escamoteáveis para duas pessoas na região do porta-malas, no valor de 5000 reais. Total da conta: 404 950 reais. Enviado para o nosso campo de provas, em Limeira (SP), o estreante fez bonito. Acelerou de 0 a 100 km/h abaixo dos 5 segundos e cumpriu as provas de retomada em tempos dignos de um esportivo puro-sangue.

No cofre, o responsável maior pelo ótimo desempenho na pista: um V8 biturbo 4.4 – sim, 4.4 e não 5.0 como o sobrenome leva a crer. Dócil como um popular 1.0 nas manobras e bruto como um esportivo selvagem quando instigado pelo acelerador, o X5 2014 roda com segurança, apesar das 2,25 toneladas de peso. Dentro do que as leis da física permitem para um carro com centro de gravidade alto, ele contorna curvas com segurança. Auxiliado por controles de tração e estabilidade de atuação precoce – ao menor sinal de escorregamento, os sistemas entram em ação -, o X5 é seguro até quando o motorista está desatento. O volante vibra quando há mudança involuntária de faixa, o piloto automático ajusta a velocidade em função da distância do carro à frente e alertas gráficos (no painel e no para-brisa) são disparados quandos câmeras especiais detectam que o veículo está em rota de colisão com um pedestre ou um ciclista, ainda que eles estejam além do alcance do facho dos faróis de xenônio.

O ar-condicionado tem ajuste de temperatura independente para quatro zonas e convidados que viajam na fileira central de bancos usufruem de duas telas de alta definição. Outro destaque vai para o conjunto de som da marca dinamarquesa Bang & Olufsen. De alta potência e definição, o sistema conta com um alto-falante central escamoteável no topo do painel: assim que o rádio é ligado, ele se eleva, direcionando as ondas sonoras para o para-brisa para proporcionar a impressão auditiva de que alguns instrumentos estão na extremidade do capô, em posição elevada. Esse efeito de envolvimento e ambiência sonora é o que os especialistas chamam de palco sonoro.

Continua após a publicidade

VEREDICTO

Versatilidade é o segredo do sucesso do X5. Ainda mais requintada, a nova geração tem tudo para se manter no topo do segmento.

Publicidade