Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Substituto do C3, novo compacto da Citroën estreia no segundo semestre

Fabricante confirmou lançamento de carro com nova plataforma no Brasil e já adiantou que sua plataforma não é exatamente a mesma do 208

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 1 fev 2021, 13h07 - Publicado em 1 fev 2021, 12h51
Projeção do Autos Segredos antecipa o visual do compacto
Projeção do Autos Segredos antecipa o visual do compacto Reprodução/Autos Segredos

Ao comemorar os 20 anos de funcionamento da fábrica de Porto Real (RJ) a Stellantis, grupo formado pela fusão entre a PSA Peugeot Citroën e a FCA (de Fiat e Jeep), confirmou para o segundo semestre o lançamento de um novo carro. Será o substituto do Citroën C3 e, de acordo com o parceiro Autos Segredos, o mês exato do lançamento é outubro.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7,90

A fábrica, que iniciou suas operações em 1º de fevereiro de 2001 para produzir os Peugeot 206 e Citroën Xsara Picasso, hoje produz os Peugeot 2008 e Citroën C4 Cactus, além dos C3 e Aircross, já prestes de serem substituídos.

Desde 2019 a fabricante investiu cerca de R$ 220 milhões na fábrica de Porto Real para viabilizar a implementação da nova plataforma global modular CMP, a mesma que estreou no Brasil com o novo Peugeot 208 (este, fabricado na Argentina).

plataforma cmp
A plataforma modular CMP é a nova base para compactos de Peugeot, Citroën e Opel PSA/Divulgação

 

Continua após a publicidade

Contudo, não será exatamente a mesma plataforma: a própria Stellantis trata a base dos carros brasileiros como uma variante da CMP já conhecida. As diferenças seriam por conta das dimensões e também por simplificação da base.

  • A Stellantis fala no lançamento de uma nova família de veículos, mas o primeiro deles terá como missão substituir o C3. Se trata do Smart Car, que por enquanto são representados apenas por um hatch compacto flagrado em testes na Índia, onde o chamam de C3 Sporty.

    Citroen Smart car c21
    Novo compacto terá menos de 4 m de comprimento e porte de Sandero Team BHP/Reprodução

    O modelo é conhecido internamente como projeto CC21 e sabe-se que terá frente elevada e curvada, e luzes diurnas de led separadas dos faróis para manter algo da identidade visual dos Citroën europeus, mas com algumas diferenças, como leds em formato de ‘Y’.

    Futuramente, um novo carro com visual mais próximo de um SUV poderia substituir o Aircross e o C4 Cactus ao mesmo tempo, enquanto o terceiro carro da família justamente um sedã compacto.

    Citroen Smart car c21
    Team BHP/Reprodução

    Seguindo a regra de complementaridade das linhas entre Peugeot e Citroën, o novo compacto da Citroën será mais barato que o novo Peugeot 208. Justamente por isso, o substituto do C3 seguirá com o motor três cilindros 1.2 Puretech flex de 90 cv, além do 1.6 16V de 118 cv. Mas, por conta da Stellantis, é possível que ele venha a receber os motores 1.0 e 1.3 Firefly, da Fiat, futuramente.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Continua após a publicidade
    Publicidade