Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Novo VW Virtus estreia na Índia bem diferente do Polo e com motor 1.5 TSI

Apresentada na Índia, reestilização do sedã o aproxima do Nivus e indica o novo Volkswagen Virtus que chegará ao Brasil em breve

Por Eduardo Passos 8 mar 2022, 12h02

Como prometido, o novo Volkswagen Virtus foi revelado nesta terça-feira na Índia, onde o sedã fará sua estreia neste ano. Ele aproveitará a produção local do irmão o Skoda Slavia e, ao mesmo tempo, antecipa parte das mudanças que em breve estarão no Brasil.

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

As novidades do Virtus 2023 são bem perceptíveis na dianteira, onde há novo conjunto de faróis full-led com luzes diurnas de led que se integram à linha cromada da nova grade — ao contrário de modelos como o Taos, não há tira iluminada que conecta as peças de iluminação.

Outra mudança significativa é a tomada de ar inferior, que conecta os chamativos faróis de neblina com uma abertura pintada em preto reflexivo e cromado. Esse detalhe, segundo fontes, será alterado na versão brasileira do carro, que chegará ainda neste ano.

Máscara negra ajuda a dar o tom em preto e vermelho que dita estilo do Virtus GT
Máscara negra ajuda a dar o tom em preto e vermelho que dita estilo do Virtus GT Divulgação/Volkswagen

Na traseira as mudanças são mais discretas, e o novo modelo não traz régua preta como o Nivus e T-Cross. Seguindo a tendência da VW, entretanto, as lanternas em led vêm com máscara bem escurecida.

Nova dianteira concentra maioria das mudanças do Virtus
Nova dianteira concentra maioria das mudanças do Virtus Divulgação/Volkswagen

Também há uso do cromado na base do para-choques, assim como nas maçanetas e na linha de cintura do carro, que tem 4,56 m de comprimento e 1,75 m de largura.

Em relação ao sedã à venda, novo Virtus mudou basicamente nos comandos do ar-condicionado
Em relação ao sedã à venda, novo Virtus mudou basicamente nos comandos do ar-condicionado Divulgação/Volkswagen

Interior chamativo

Por dentro, o Volkswagen Virtus chama atenção em sua versão de topo GT, marcada pela combinação contrastante de cores em vermelho, preto e creme que adornam as novas opções tecnológicas.

Na Índia, essa versão usa motor 1.5 turbo de 150 cv e 25,5 kgfm, mas que não deverá substituir os 1.4 da linha brasileira da VW em breve.

Continua após a publicidade

Controle do ar-condicionado é feito deslizando o dedo sobre a superfície, como na linha ID
Controle do ar-condicionado é feito deslizando o dedo sobre a superfície, como na linha ID Divulgação/Volkswagen

Entre os equipamentos do Virtus GT estão carregamento de celulares por indução e novos comandos de ar-condicionado sensíveis ao toque, e que já equipa o Virtus brasileiro. Ao mesmo tempo, não há mudanças na central multimídia de 10,1’’, que é a VW Play brasileira, e no quadro de instrumentos de 10,25’’.

Bancos dianteiros contam com ventilação e aquecimento
Bancos dianteiros contam com ventilação e aquecimento Divulgação/Volkswagen
Dos seis airbags, um par de cortinas de ar protegem os ocupante de trás
Dos seis airbags, um par de cortinas de ar protegem os ocupante de trás Divulgação/Volkswagen

Em termos de comodidades, o Virtus ainda oferece assistente de partida em rampa e seis airbags, sendo dois de cortina (que a versão brasileira ainda não tem). O teto solar é outro item requisitado no Brasil, e que se disfarça em meio à pintura escura da carroceria superior. Fechando o pacote estético, há novas rodas em preto brilhante com freios de pinças em vermelho.

Pintura em preto faz o teto solar parecer maior
Pintura em preto faz o teto solar parecer maior Divulgação/Volkswagen

Dois motores e três câmbios

Além da versão 1.5, o Virtus indiano contará com modelos de entrada com 1.0 turbo de 116 cv e 18,1 kgfm. Neste caso, haverá opção de câmbios de seis marchas, manual ou automático. A versão 1.5 será vendida apenas com o DSG de sete velocidades.

Compartilhe essa matéria via:
Cromado também foi aplicado na linha de cintura e nas maçanetas
Cromado também foi aplicado na linha de cintura e nas maçanetas Divulgação/Volkswagen
Porta-malas tem 521 l de capacidade
Porta-malas tem 521 l de capacidade Divulgação/Volkswagen

Com chegada prevista ainda neste ano ao Brasil, o novo Volkswagen Virtus custará na Índia e em sua versão mais cara cerca de 2 milhões de rúpias indianas (R$ 132.000 na conversão direta).

VW VIRTUS 2023
Versão brasileira terá mudanças significativas e os mesmos faróis do Nivus Renato Aspromonte/Overboost/Quatro Rodas

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas!
A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês