Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Hyundai i30 1.8

O hatch passa por uma correção de rota: o motor 1.6 foi aposentado pela chegada do 1.8

Por Péricles Malheiros | Fotos Marco de Bari Atualizado em 9 nov 2016, 10h39 - Publicado em 6 abr 2014, 19h18
impressoes

O Hyundai i30 já foi rei: em 2011 desbancou Golf e Focus, os gigantes do hatches médios. Mas hoje a realidade é outra: os três estão em nova geração, Cruze, 308 e Bravo entraram na disputa e, principalmente, há novas regras tarifárias que dificultam a vida dos importados.

Como se não bastassem tais obstáculos, a Caoa, importadora oficial no Brasil, também tropeçou. “Iniciar as vendas da nova geração do i30 com o mesmo motor do HB20 foi um grande erro”, disse o gerente de vendas de uma grande concessionária paulistana que só aceitou falar com QUATRO RODAS sob sigilo do seu nome. Agora, porém, há uma correção de rota em curso: sai o motor 1.6 flex de 128/122 cv, entra o 1.8 de 150 cv. O problema é que está se tornando comum a aposentadoria precoce dos importados Hyundai. O Elantra chegou em meados de 2011 com motor 1.8 – o mesmo que acaba de ser adotado no i30 – e, cerca de um ano depois, passou a ser equipado com um 2.0. “Além da desvalorização acentua- da que uma mudança precoce impõe, há a perda de confiança do cliente”, diz o gerente da autorizada consultada.

Apesar de a nova geração ter tirado do i30 a suspensão traseira multilink, o modelo continua obediente e com calibração nitidamente voltada para o conforto. O porta-malas de apenas 378 litros é pequeno – o Peugeot 308 tem 430 e o Cruze, 402 litros -, mas o espaço na cabine está na média do segmento.

A boa novidade é que o motor 1.8 nivelou o fôlego do i30 ao dos rivais. Se demorava 13,5 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h com o motor 1.6, agora ele cumpre a prova em 12 segundos cravados. Melhora semelhante foi anotada nos testes de retomada.

Os preços do i30 1.8 variam entre 71 900 (básico) e 87 000 reais (completo).Teto solar, controles de estabilidade e tração, xenônio, airbags laterais, de cortina e joelho, ar digital, freio de estacionamento eletrônico e chave presencial diferenciam as versões.

VEREDICTO

Caro, o i30 está fora de combate. Equiparados ao coreano em conteúdo, os rivais são de 5 000 a 12 000 reais mais baratos.

Continua após a publicidade

Publicidade