Clique e assine com até 75% de desconto

Segredo: os novos sedãs que farão resistência aos SUVs no Brasil

Foco das marcas é no segmento de compactos e inclui projetos inéditos

Por Rodrigo Ribeiro 20 Maio 2019, 08h55
Dú Oliveira/Divulgação/Quatro Rodas

Quem tem interesse em um carro familiar e quer fugir dos SUVs terá uma sequência de lançamentos que há pouco tempo não acontecia entre os sedãs.

É verdade que o foco será os compactos, já que os médios terão como maior novidade somente o próximo Toyota Corolla. Mas a faixa abaixo dos R$ 100.000 ficará agitado com o quarteto de lançamentos iniciado por Chevrolet, Nissan, Renault e Hyundai.

O primeiro a chegar será o Logan reestilizado. É a terceira reestilização do sedã, que, ao contrário do que a marca alega, mantém a maior parte de sua primeira geração, incluindo as problemáticas portas com batente até o teto (que facilitam o roubo).

Em seguida virá novo HB20S, em setembro. Como no rival francês, o modelo não é uma segunda geração.

Ao invés de uma cara reformulação, a Hyundai promoverá uma reestilização profunda, que incluirá novos itens de conforto e segurança.

A sequência continua com o Onix Sedan, sucessor do Chevrolet Prisma que irá conviver com o três-volumes atual. Primeiro lançamento completamente novo da GM no segmento desde 2012, o sedã marcará uma nova ofensiva da marca em diferentes faixas do mercado.

O último a chegar será o novo Versa, previsto para 2020. A segunda geração do Nissan virá inicialmente do México com um pacote de equipamentos de respeito, incluindo frenagem automática de emergência, como no Kicks.

  • Por um período ele irá conviver com a versão antiga nacional, que será substituída com a produção do novo Versa em Resende (RJ).

    Continua após a publicidade
    Publicidade