Clique e assine por apenas 8,90/mês

Renault Kwid tem recall para os freios e o tubo de combustível

Sandero, Logan, Duster e Duster Oroch também são convocados para reparo na mangueira de baixa pressão da direção hidráulica

Por Mateus Silveira - Atualizado em 21 nov 2017, 13h17 - Publicado em 21 nov 2017, 13h00
Vão livre de 18 cm aproxima o Kwid dos SUVs de maior porte
Mais de 21 mil unidades do modelo foram convocadas para recall Christian Castanho/Quatro Rodas

A Renault anunciou três recalls envolvendo 34.838 unidades de cinco modelos, sendo dois recalls exclusivamente do recém-lançado Kwid.

Todas as 21.802 unidades do subcompacto produzidas entre março de 2016 e novembro de 2017 foram convocadas por problemas nos freios e no tubo de combustível.

Os chamados envolvem até carros que ainda não foram vendidos, uma vez que, segundo a Fenabrave, 17.528 unidades foram emplacadas até outubro.

O primeiro defeito está no sistema de freios. Segundo a marca, trincas no sistema podem ocasionar ineficiência de frenagem ou travamento das rodas, resultando na perda da dirigibilidade e riscos de acidente.

Continua após a publicidade

A Renault afirmou que verificará e, se necessário, substituirá os componentes defeituosos. Este chamado envolve todas as unidades produzidas dos chassis (não sequenciais) de HJ524902 até JJ999218. 

Problemas nos freios já atrasaram entregas de unidades vendidas em duas ocasiões. Em outubro, a Renault realizou um reparo nos freios traseiros, fazendo o número de emplacamentos despencar para menos de 4 mil unidades. Um novo bloqueio aconteceu em novembro, desta vez para substituição dos discos de freio do modelo. 

O segundo recall envolve a montagem do tubo de combustível, segundo a Renault. O mal posicionamento da peça pode resultar na perfuração do tubo, resultando em vazamento do combustível e até incêndio.

A fabricante reposicionará o componente e poderá até substituir a peça se necessário. Este chamado envolve 16.798 unidades, fabricadas entre março de 2016 e 27 de setembro de 2017, dos chassis (não sequenciais) HJ524902 até JJ999218.

Continua após a publicidade

Os reparos são gratuitos e tem duração de até um dia. Os proprietários do Kwid podem agendar o serviço através do número 0800-0555615 ou pelo site da montadora.

O Renault Kwid chegou causando filas de espera e estreou no primeiro mês de vendas com o pé direito, conquistando o segundo lugar no ranking geral de setembro com 10.389 unidades, de acordo com a Fenabrave.

Em outubro, porém, os números já sofreram queda: apenas 3.926 unidades, em parte devido aos problemas nos freios que atrasaram as entregas das unidades pré-vendidas. A Renault, porém, diz que a queda nas vendas se deu por ter um número maior de unidades disponíveis para entrega no mês do lançamento. 

Continua após a publicidade

Falha na direção hidráulica envolve quatro modelos

O terceiro recall envolve os modelos Sandero, Logan, Duster e Duster Oroch.

Ao todo, 13.026 unidades dos modelos, fabricados entre 29 de julho e 6 de outubro de 2017, devem ir à concessionária para verificação da mangueira de baixa pressão da direção hidráulica.

A falha foi identificada na deterioração da mangueira, causando vazamento do fluido hidráulico, com possibilidade de endurecimento da direção e até perda de dirigibilidade, resultando em risco de acidente.

Barras no teto e santantônio são itens de série
Picape Duster Oroch está entre os modelos convocados para recall divulgação/Renault

A verificação e, caso necessário, substituição da mangueira de baixa pressão, é feita gratuitamente em uma das concessionárias Renault em até 1h30. Os proprietários podem agendar o serviço através do mesmo número 0800-0555615 ou pelo site da montadora.

Confira os chassis dos quatro modelos envolvidos:

Continua após a publicidade
Veículos Chassis (não sequenciais)
Sandero GJ481357 até GJ549376
Logan GJ481363 até GJ516511 e

HJ246859 até HJ548486

Duster HJ246871 até HJ547067
Duster Oroch HJ246869 a HJ557912

 

Publicidade