Mercado em setembro: Kwid é vice-líder e HB20 cai para quarto

O terror da concorrência deu susto nas vendas de Mobi e Up!, enquanto o líder Onix se mantém intocável; no fim da linha, Fox ainda vai bem

De uma só vez, o Kwid afetou diretamente HB20, Ka, Up! e Mobi e chegou ao segundo lugar do ranking geral

De uma só vez, o Kwid afetou diretamente HB20, Ka, Up! e Mobi e chegou ao segundo lugar do ranking geral (Divulgação/Renault)

Nada de palhaços assassinos ou bonecas possuídas. No mercado automotivo, o principal pesadelo da fabricantes parece inofensivo e tem nome curto: Kwid.

Em seu primeiro mês de vendas, o “SUV dos compactos”, como a Renault insiste em chamá-lo, chegou à vice-liderança ultrapassando a barreira de dez mil unidades emplacadas. À sua frente, apenas o intocável Onix, que ainda vende o dobro de seus principais concorrentes.

Lançado com uma estratégia totalmente digital, o Kwid era, até então, vendido apenas pela web. Mesmo assim, o compacto já acumula filas de espera de meses ─ se você comprar um hoje, por exemplo, há chances de que retire o carro só após o Carnaval, em fevereiro ou março ─ e chegou ao segundo lugar no ranking geral de vendas com 10.389 unidades em setembro, de acordo com a Fenabrave.

Fiat Argo sobe no ranking, mas aguarda a chegada do rival alemão, Polo

Fiat Argo sobe no ranking, mas aguarda a chegada do rival alemão, Polo (Divulgação/Fiat)

Atrás apenas do líder Onix (com 17.236 exemplares), o Kwid desbancou HB20 e Ka. Quem mais sofreu, porém, foi o Hyundai, que caiu para 8.530 unidades e quarto lugar, enquanto o Ford subiu para 8.727 e terceiro.

Os principais rivais do pequeno Renault também sofreram os efeitos de sua chegada. O Fiat Mobi viu seus emplacamentos caírem de 5.363 em agosto para 3.602 em setembro, enquanto o VW Up! emplacou 2.560 unidades e foi parar em 29º lugar, atrás de Ka+ e HB20S.

Até mesmo seu irmão Sandero parece ter sentido o choque. De agosto para setembro, a queda foi de cinco posições, para 12º.

Mesmo perto do fim, o Fox ainda rende bons números para a Volkswagen e fica entre os dez mais vendidos

Mesmo perto do fim, o Fox ainda rende bons números para a Volkswagen e fica entre os dez mais vendidos (Divulgação/Volkswagen)

Já o Argo manteve suas pouco mais de quatro mil unidades (4.124) e subiu seis posições no ranking. Seu real potencial, porém, será revelado apenas em novembro, quando os primeiros Polo chegarão às ruas.

Outra surpresa vem do Fox. Mesmo prestes a ser substituído pelo Polo (embora a VW não confirme oficialmente), o hatch se mantém entre os dez mais vendidos com 4.860 unidades.

O Corolla, assim como o Onix, não parece incomodado com as mudanças do mercado e com os SUVs. O modelo permanece em sexto lugar, com mais de 6.000 unidades emplacadas no período, como há muitos meses. Depois dele, o sedã médio mais vendido é o Civic, com 1.901 exemplares e em 34º lugar, seguido do Cruze, com 1.650 e em 36º, respectivamente.

No acumulado do ano (janeiro a setembro), no entanto, tudo permanece praticamente igual. O Onix lidera, com 134.217 unidades, enquanto o HB20 se mantém em segundo colocado com 79.365, seguido do Ka, com 68.256.

Ainda no começo de sua carreira, o Kwid aparece em 33º lugar, com os 13.603 exemplares emplacados nos últimos dois meses. Com isso, Mobi (8º) e Sandero (4º) também continuam entre os dez mais vendidos do país, assim como o Fox, em décimo.

OS SUVS E AS PICAPES

A dança da cadeira continua entre os utilitários esportivos, com a liderança (e a vice) sendo disputada número a número entre Compass, HR-V e Creta.

Em agosto, o Renegade entrou na briga e fechou o mês como o SUV mais vendido do país. Em setembro, porém, ele caiu para 3.009 unidades emplacadas e ficou atrás de EcoSport e Kicks.

Mesmo assim, o segmento apresentou queda em setembro, com 21% do mercado de automóveis, contra 22,4% no mês de agosto. Com isso, os SUVs foram ultrapassados pelo segmento de entrada ─ ao qual o temido Kwid pertence ─ e caíram para terceiro lugar no mês. No acumulado, porém, eles se mantêm em segundo lugar.

Após um sobe e desce, o Compass volta a liderar o segmento dos SUVs

Após um sobe e desce, o Compass volta a liderar o segmento dos SUVs (Divulgação/Jeep)

No topo do último mês está o Compass, com 4.177 exemplares, ainda assim menos em relação a agosto. O segundo colocado, HR-V, tomou distância e caiu para 3.780, seguido de Creta, Kicks, EcoSport, Renegade e Captur, que passa o Duster por um possível efeito do câmbio automático CVT nas versões 1.6.

No acumulado dos nove meses já percorridos em 2017, o HR-V permanece como líder do segmento ─ mas por pouco. Com 34.926 unidades emplacadas, ele está apenas 400 carros à frente do Jeep Compass, que fechou o período com 34.526.

Depois deles, os terceiro e quarto lugares continuam acirrados com a pequena diferença de 214 unidades do Creta (28.335) para o Renegade (28.549). Em seguida, Kicks (22.155) e EcoSport (21.531) também brigam pelo top 5.

Entre as picapes, sem surpresas. A Strada continua como líder absoluta, ocupando o nono lugar do ranking geral do mês, seguida da irmã maior Toro, em 13º lugar, e da Saveiro, em 19º. Veja, abaixo, como fica o ranking dos 40 modelos mais vendidos no Brasil durante o mês de setembro.

 

1 Chevrolet Onix 17.236
2 Renault Kwid 10.358
3 Ford Ka 8.727
4 Hyundai HB20 8.530
5 Chevrolet Prisma 6.123
6 Toyota Corolla 6.036
7 VW Gol 6.026
8 VW Fox 4.860
9 Fiat Strada 4.621
10 Jeep Compass 4.177
11 Fiat Argo 4.124
12 Renault Sandero 3.967
13 Fiat Toro 3.918
14 VW Voyage 3.823
15 Honda HR-V 3.780
16 Fiat Mobi 3.602
17 Hyundai Creta 3.466
18 Nissan Kicks 3.448
19 VW Saveiro 3.292
20 Fiat Uno 3.194
21 Renault Logan 3.191
22 Ford EcoSport 3.159
23 Jeep Renegade 3.009
24 Chevrolet S10 2.866
25 Toyota Etios 2.831
26 Hyundai HB20S 2.796
27 Toyota Hilux 2.694
28 Ford Ka+ 2.625
29 VW Up! 2.560
30 Nissan Versa 2.441
31 Toyota Etios Sedã 2.381
32 Chevrolet Spin 2.340
33 Fiat Siena 1.948
34 Honda Civic 1.901
35 Chevrolet Cobalt 1.801
36 Chevrolet Cruze 1.650
37 Ford Ranger 1.500
38 Ford Fiesta 1.526
39 Honda WR-V 1.486
40 Chevrolet Montana 1.397
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s