Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Renault investe R$ 2 bi em SUV híbrido que substituirá Logan e Sandero

Em busca de se renovar no mercado nacional, Renault revela a quantia gasta no desenvolvimento de modelos na plataforma CMF-B

Por Eduardo Passos Atualizado em 30 jun 2022, 19h12 - Publicado em 30 jun 2022, 19h11

A Renault já tinha adiantado seus planos para o mercado nacional, mas agora a francesa deu uma dimensão do quanto, de fato, pretende investir no Brasil. Serão R$ 2 bilhões, gastos pela montadora nos próximos anos para se transformar na briga pelo consumidor.

Esse montante será direcionado ao desenvolvimento da nova plataforma CMF-B no complexo de São José dos Pinhas (PR). A plataforma amplamente usada na Europa servirá, em versão simplificada, de base a um SUV compacto inédito, já confirmado pela Renault e que deve ser lançado em 2024.

De codinome “projeto HJF”, o utilitário servirá como um concorrente para os Fiat Pulse e Volkswagen Nivus. A montadora quer aproveitar o gosto do brasileiros por SUVs e lucrar com o segmento, ao passo que aposentará os atuais Logan e Sandero no mesmo ano. Como qualquer projeto de médio prazo, o novo utilitário receberá “eventual eletrificação”.

Como o novo Dacia Stepway, romeno, já é feito nessa plataforma, é provável que os modelos tragam similaridades de porte e tecnologias. Uma exclusividade do nacional, porém, é o motor TCe 1.0 turbo flex, que também surgirá da rodada de investimentos anunciada na presença do governador do Paraná.

Dando ideia da aposta, vale lembrar que, desde o ano passado, a Renault gastou R$ 1,1 bilhão para lançar os novos Kwid (incluindo o E-Tech), Duster, Captur, Oroch e Master. Os R$ 2,2 bilhões da vez ainda servirão para outros dois modelos inéditos, também com chegada em 2024. Em breve, antecipa a marca, haverá mais dinheiro em jogo.

A tendência é que as novidades — uma delas, a nova geração do Duster — sejam de categorias mais caras, uma vez que a francesa está mais preocupada em vender menos, mas vender melhor. Tanto que o próximo Duster será tão sofisticado que não permitirá ao Captur ter nova geração no Brasil.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.


a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo de QUATRO RODAS. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês