Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Peugeot 1008 será SUV de entrada nacional baseado no novo Citroën C3

Sem imagens oficiais, site francês confirma que o SUV compacto da Peugeot será quadrado como um Renegade com tamanho do 2008

Por João Vitor Ferreira 3 set 2021, 10h08
Peugeot 2008
No mercado Brasileiro, o 1008 chegará com comprimento muito semelhante ao do atual 2008 Divulgação/Peugeot

Aproveitando o sucesso dos SUVs no Brasil, a Peugeot vai colocar mais um carro nessa disputa em 2025. O inédito Peugeot 1008 será fabricado em Porto Real (RJ) e, considerando seu posicionamento, será um adversário direto do Fiat Pulse.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

De acordo com o site francês L’argus, o projeto P44, como está sendo chamado por enquanto, prevê um SUV compacto com cerca de 4,15 metros de comprimento. É praticamente a mesma medida do atual 2008 (que tem 4,16 metros) e que completará 10 anos do seu lançamento em 2025 – se ainda estiver em produção até lá, claro.

A plataforma utilizada, como informou a mídia francesa, será uma versão adaptada da CMP, mesma do novo Citroen C3 que faz sua estreia mundial no dia 16 de setembro.

L’argus ainda diz que tanto o 1008 como o C3 compartilham diversas características. E não é para menos, ambos os carros fazem parte da estratégia global “Smart Cars”, que busca criar modelos pensados para mercados emergentes, como América Latina e Índia, mas que também podem ser aproveitados na Europa. E o C3 também será fabricado em Porto Real: seu lançamento será em abril de 2022.

Espera-se que o 1008 chegue no Velho Continente aposentando o atual Peugeot 108 e somente com motor elétrico, versão possivelmente batizada de e-1008. As baterias devem ser menores do que as do e-2008 e o motor pode ter entre 50 cv e 80 cv, para ajudar a diminuir o peso e o preço. Ele será fabricado na mesma planta onde são montados o C3 e 2008, em Trnava, Eslováquia.

Continua após a publicidade

Para o Brasil, o mais provável é que ele tenha somente motor a combustão. Entre as possíveis opções de motorização, estão os 1.0 e 1.3 Firefly e o 1.0 GSE turbo, que poderá chegar ao primo Citroën C3 no futuro.

Pouco foi informado sobre o seu visual. Com escreveu o L’argus, o 1008 vai se inspirar nas linhas quadradas do Jeep Renegade. Por conta do seu tamanho compacto, essa estratégia seria usada para garantir porta-malas e interior com espaço decente. O próprio CEO da Stellantis, Carlos Tavares, pediu ao novo diretor de design da Peugeot, Matthias Rossan, que revivesse alguns projetos antigos de seu antecessor, Gilles Vidal, atualmente na Renault, como lembra a reportagem francesa.

Dacia Spring
Por ser um elétrico e pelas informações de dimensões e design, é bem provável que o 1008 se torne um concorrente direto do Dacia Spring na Europa Dacia/Divulgação

Se confirmado, o Peugeot 1008 será o “sucessor” de um antigo modelo da Peugeot, o 1007. Lançado por volta de 2005. Era uma van compacta com duas portas deslizantes e o inovador sistema de abertura por controle remoto. A ideia era que ele batesse de frente com os Mini e o Mercedes Classe A da época. No final, fracassou e vendeu apenas 150.000 unidades em quatro anos e suas lanternas foram aproveitadas na picape Hoggar brasileira – outro fracasso.

Peugeot 1007
Peugeot 1007 Reprodução/Peugeot

Quanto ao preço, o L’argus sugere que o veículo elétrico não ultrapasse a casa dos € 20.000 (R$ 123.200 na conversão atual). Dessa forma ele ficaria entre o seu rival direto Dacia Spring, de € 16.990 (R$ 104.658) e o e-2008, que custa € 36.800 (R$ 226.688).

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Quatro Rodas

Capa quatro rodas 748 agosto 2021
Capa quatro rodas 748 agosto 2021 A edição 748 de QUATRO RODAS já está nas bancas!
Clique e Assine
Continua após a publicidade

Publicidade