Onix reforçado tira 3 estrelas no NCAP; Virtus consegue 5

Modelo mais vendido no Brasil ganhou reforços estruturais e novos equipamentos

Crash-test Chevrolet Onix e Prisma 2018 Teste de impacto lateral havia sido o responsável pela nota zero anterior

Teste de impacto lateral havia sido o responsável pela nota zero anterior (Latin NCAP/Divulgação)

Após zerar nos testes de colisão em maio de 2017, o Onix voltou a ser testado pelo Latin NCAP. Conforme adiantado por QUATRO RODAS em setembro, a marca realizou reforços estruturais no hatch e no sedã derivado Prisma. Bom para a Chevrolet, que bancou um novo teste.

Com as mudanças, o resultado subiu para três estrelas (adultos e crianças). Apesar de não ser um desempenho espetacular, os dois modelos alcançaram a nota máxima possível para carros que não possuem controle de estabilidade (ESP) – a ausência do item causa desconto de duas estrelas.

Crash-test Chevrolet Onix e Prisma 2018 Onix recebeu a nota máxima (três) para modelos que não possuem controles de estabilidade e tração

Onix recebeu a nota máxima (três) para modelos que não possuem controles de estabilidade e tração (Latin NCAP/Divulgação)

Os reforços estruturais incluem elementos de absorção de energia nas portas contra impactos laterais, ponto crucial na nota zero tirada em maio de 2017. Há também um novo cinto de segurança para o motorista e pontos de ancoragem Isofix para cadeirinhas infantis.

Segundo a GM, tanto o Onix quanto o Prisma começaram a ser fabricados com as modificações a partir do dia 15 de janeiro. Sendo assim, o veículo mais vendido do Brasil pelo terceiro ano consecutivo, tenta começar 2018 sem a fama de carro frágil.

Crash-test VW Virtus 2018 Virtus foi avaliado apenas na lateral; resultado frontal é o mesmo do Polo

Virtus foi avaliado apenas na lateral; resultado frontal é o mesmo do Polo (Latin NCAP/Divulgação)

Já o Volkswagen Virtus, novo sedã compacto baseado no Polo, confirmou o bom desempenho que o irmão hatch havia obtido em setembro, e recebeu cinco estrelas para adultos e crianças.

O sedã, na verdade, foi testado apenas no impacto lateral – o Latin NCAP justifica que os resultados de crash-test frontal e de poste do Polo já validam o modelo, pois a estrutura frontal é idêntica em ambos. O mesmo procedimento ocorreu nos testes do Onix e do Prisma.

O principal rival do Polo e do Virtus é a dupla Argo e Cronos, da Fiat (este último deverá ser apresentado em março, mas já está sendo fabricado). Mas ambos os modelos ainda não foram avaliados pelo Latin NCAP.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s