Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Novo Fiat Argo com grade de Strada fica R$ 5.200 mais caro na linha 2021

Modelo recebeu emblema da Fiat que estreou com a picape e também tem novos equipamentos de série

Por Gabriel Aguiar Atualizado em 11 set 2020, 12h23 - Publicado em 11 set 2020, 12h16
Versão intermediária Drive 1.3 teve o maior aumento de preços Divulgação/Fiat

O Fiat Argo ganhou nova grade dianteira para a linha 2021 – como havíamos antecipado. Assim, o hatch segue a identidade visual inaugurada pela Strada e que, em breve, chegará a Cronos e Mobi. Só que o modelo está até R$ 5.200 mais caro.

Confira os novos preços do Argo 2021

Argo 1.0 – R$ 53.990 (antes custava R$ 51.290 / aumento de R$ 2.700);
Argo Drive 1.0 – R$ 58.890 (antes custava R$ 54.390 / aumento de R$ 4.500);
Argo Drive 1.3 – R$ 61.990 (antes custava R$ 56.790 / aumento de R$ 5.200);
Argo Trekking 1.3 – R$ 64.990 (antes custava R$ 62.790 / aumento de R$ 2.200);
Argo Trekking 1.8 AT – R$ 69.990 (não teve mudanças nos preços);
Argo HGT 1.8 AT – R$ 74.990 (antes custava R$ 72.490 / aumento de R$ 2.500).

Em relação ao desenho que estava nas lojas havia três anos, o hatch agora tem o logotipo com letras garrafais, além da bandeira italiana estilizada (batizada Fiat Flag). É claro que o novo emblema também foi aplicado a rodas, calotas e volante.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

O fabricante também anunciou mudanças na oferta de equipamentos: a central multimídia Uconnect com tela sensível ao toque de 7 polegadas, por exemplo, será oferecida de série desde a versão Drive – que é a segunda mais barata do portfólio.

Continua após a publicidade
Argo Trekking agora tem controle de estabilidade na opção com motor 1.3 Divulgação/Fiat

Também há retrovisores e vidros elétricos, além de sensor de estacionamento traseiro, na intermediária Drive 1.3. Em compensação, essa opção teve o maior aumento de preços na linha: antes, custava R$ 56.790 e, agora, é comercializada por R$ 61.990.

Versão HGT agora está isolada no topo da tabela, sem a opção Precision Divulgação/Fiat

Outra novidade é que a configuração Trekking, com apelo aventureiro, recebeu controles de estabilidade e de tração na opção com motor 1.3, assim como assistente de partida em rampas. Antes, esse itens só eram oferecidos no 1.8 automático.

Não houve mudanças na traseira do modelo Divulgação/Fiat

Quem disse adeus ao mercado foi a versão Precision, que dividia o topo da tabela com a esportivada HGT (que continua à venda). Com isso, o novo Argo será vendido em apenas seis diferentes configurações, com duas opções de motorização.

  • Vale dizer que não houve nenhuma mudança em relação à mecânica. Com isso, o motor 1.3 turbo – que substituirá o atual 1.8 das configurações mais caras e que estreará com o Jeep Compass reestilizado – só deverá chegar ao modelo em 2021.

    No interior, apenas o logotipo do volante identifica a linha 2021 Divulgação/Fiat

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Continua após a publicidade
    Publicidade