Clique e assine por apenas 5,90/mês

Fiat terá SUV e SUV cupê pequenos com preços abaixo de Renegade e Compass

Marca fará dois utilitários derivados do Argo e com produção em Betim (MG), usando motores 1.3 aspirado e 1.0 turbo flex

Por Daniel Telles e Leonardo Felix - Atualizado em 28 nov 2019, 08h47 - Publicado em 28 nov 2019, 07h00
Projeção do novo SUV da Fiat: primeiro modelo a ser lançado será derivado do Argo Du Oliveira/Quatro Rodas

A Fiat não conta hoje em seu portfólio com modelos SUVs. Isso faz com que a marca italiana consiga cobrir aproximadamente 67% do mercado automotivo brasileiro.

Visando justamente a aumentar essa porcentagem, a marca prepara o lançamento de dois novos carros do segmento para os próximos anos. QUATRO RODAS já falou sobre eles. E também criou até uma projeção.

Segundo o diretor da marca, Herlander Zola, em entrevista durante o lançamento da linha Argo e Cronos S-Design, os carros “terão posicionamento de mercado bastante exclusivo”.

Segundo ele, isso ocorrerá “para que não haja uma competição interna [com os Jeep Renegade e Compass], marca que também pertence ao grupo FCA, controlador da Fiat], tanto sob a ótica de preços quanto de produtos”.

Motor 1.3 Firefly equipa as versões intermediárias do Argo e entrega até 109 cv se abastecido com etanol Fiat/Divulgação

Isso significa que, muito provavelmente, os modelos terão porte compacto e preços mais populares que os de Renegade e Compass. E ambos serão produzidos em Betim (MG).

O primeiro carro, previsto para aparecer entre o final de 2020 e o princípio de 2021, será derivado do Fiat Argo e deve brigar com Renault Duster, Honda WR-V, Caoa Chery Tiggo 2, além do SUV popular que a VW fará futuramente em Taubaté (SP).

Continua após a publicidade

Sua revelação deve ser feita no Salão de São Paulo de 2020, em novembro do próximo ano, mas a chegada efetiva às ruas deve ficar para os meses seguintes.

O modelo tem código interno 363 e receberá propulsor 1.3 naturalmente aspirado de quatro cilindros e 8V, com opção de câmbio CVT ou manual de cinco marchas.

Nas versões de topo, estreará a unidade GSE T3, 1.0 turbo de três cilindros com 120 cv de potência estimada, que deve ser acoplado sempre a uma caixa continuamente variável.

Traseira acupezada do conceito Fastback deve servir de inspiração para o novo SUV da Fiat Felipe Bitu/Quatro Rodas

O outro SUV que a Fiat prepara, também derivado do Argo, terá traseira acupezada e chegada prevista para 2021, para brigar com o iminente VW T-Sport.

Este modelo, que é chamado internamente de 376 (já foi chamado de 363 CUV), também deve oferecer as opções 1.3 Firefly aspirada (manual ou CVT) e 1.0 GSE turbo flex (CVT).

A inspiração para a traseira deste segundo modelo deve vir do conceito Fastback, apresentado no Salão de São Paulo de 2018, ainda que o modelo de produção tenha, efetivamente, proporções bem menores.

As informações foram apuradas em conjunto com nossos parceiros do site Autos Segredos.

Continua após a publicidade
Publicidade