Clique e assine por apenas 8,90/mês

Fiat encerrará a produção do Tipo… mais uma vez

Fabricante italiana vai encerrar a produção de esportivos e médios para focar nos compactos

Por Henrique Rodriguez - 28 ago 2019, 19h51
Fiat Tipo Sport, lançado este ano, pode ser uma das últimas versões do modelo Divulgação/Fiat

Carros grandes não terão espaço no futuro da Fiat. Isso, pelo menos, na Europa.

Os planos estratégicos da Fiat para os próximos anos são baseados em criar uma nova geração do 500, novos modelos derivados do compacto e ainda uma nova geração do Panda.

Fiat Tipo station wagon
Fiat Tipo em sua versão perua Divulgação/Fiat

Em entrevista a Autocar, o CEO da Fiat, Olivier François, disse que a Fiat não terá carros premium ou esportivos, e que todos os carros da marca serão compactos com comprimento entre 3,5 e 4,5 m. O Brasil terá a Toro como exceção. 

Com essa estratégia, a Fiat deixará de vender o 124 (baseado no Miata e produzido pela própria Mazda) e o Fiat Tipo.

Fiat Tipo
Fiat Tipo Sedan pode ganhar sobrevida no leste europeu Divulgação/Fiat

O hatch que fez sucesso no Brasil nos anos 1990 ressurgiu na Europa em 2015. Desde então o Fiat Tipo tem uma família de médios formada por hatch, sedã e perua.

Fiat 124 Spider
Fiat 124 Spider é um Miata com design italiano Divulgação/Fiat

O sedã ainda pode ter futuro em mercados do leste europeu e na Turquia (onde se chama Egea). Mas a tendência é que ele seja sucedido por um novo SUV compacto no resto da Europa. 

Mais 500

A Fiat prepara uma nova geração para o SUV 500X, mas não para o monovolume 500L. Para o seu lugar a fabricante italiana relançará o 500 Giardinera, uma versão perua do compacto semelhante ao Mini Clubman.

Fiat Centoventi foi elogiado pelo design e deve ser o ponto de partida para o novo Panda Divulgação/Fiat

Além disso, a nova geração do 500 já nascerá com uma versão 100% elétrica pronta e ela será estratégica para o modelo. De acordo com a Autocar, o modelo pode ter portas traseiras suicidas, como o BMW i3 e a Strada cabine dupla brasileira para contornar a recente queda nas vendas de carros duas portas na Europa.

Até mesmo a nova geração do Panda terá versão elétrica, mas apenas dois anos após o lançamento da nova geração, previsto para 2021. Sua inspiração será o conceito Centoventi, mostrado em março no Salão de Genebra.

Continua após a publicidade
Publicidade