Clique e assine por apenas 5,90/mês

Este é o novo Chevrolet Onix hatch, e ele parte de R$ 51.590

Modelo terá novo motor 1.0 turbo flex nas versões topo de linha; configuração LTZ automática custará R$ 66.290

Por Leonardo Felix - Atualizado em 12 set 2019, 17h47 - Publicado em 12 set 2019, 12h34
Divulgação/Chevrolet

Conforme antecipado por QUATRO RODAS na semana passada, a GM revela nesta quinta-feira (12) não apenas o Chevrolet Onix Plus, sedã que substitui o Prisma (e cujo nome foi revelado em primeira mão por nossa reportagem).

Apresenta também a segunda geração do Onix hatch, embora esta demore um pouco mais para chegar às lojas e só comece a ser vendido no mês de novembro. O sedã, por sua vez, já começou a ser entregue às concessionárias.

Leonardo Felix/Quatro Rodas

Confira os preços dos novos Onix e Onix Plus no Brasil:

Onix LT 1.0 aspirado manual (hatch): R$ 51.590;
Onix LTZ AT 1.0 turbo automático (hatch): R$ 66.290.

Onix Plus 1.0 turbo automático (sedã): R$ 58.790;
Onix Plus LT 1.0 turbo manual (sedã): R$ 61.190;
Onix Plus LTZ 1.0 turbo manual (sedã): R$ 65.790.
Onix Plus LTZ 1.0 turbo automático (sedã): R$ 70.990.
Onix Plus Premier 1.0 turbo automático (sedã): R$ 73.190

Divulgação/Chevrolet

E, segundo o site de lançamento do modelo, os preços serão mantidos. O inicial parte de R$ 51.590 para a versão LT com motor 1.0 três-cilindros e câmbio manual de seis marchas. Já a LTZ automática custará R$ 66.290.

Divulgação/Chevrolet

A fabricante ainda não detalhou preços e itens de série de cada versão, mas já adiantou que o novo Onix terá, pelo menos na versão de topo, seis airbags, WiFi a bordo, controle eletrônico de estabilidade, uma nova geração da central multimídia MyLink e sistema de monitoramento e concierge OnStar.

Continua após a publicidade
Divulgação/Chevrolet

Também nas versões mais caras, virá equipada com propulsor turbo flex, também tricilindro, de 116 cv de potência e 16,8 mkgf de torque com gasolina ou etanol.

Divulgação/Chevrolet

Aliado ao câmbio automático de seis marchas, ele foi homologado no programa de etiquetagem do Inmetro com consumo médio de 17 km/l na estrada quando abastecido com etanol.

Com esse mesmo motor, o Onix Plus tem médias de 12/15,7 km/l com gasolina e 8,6/12,9 km/l com etanol quando abastecido com etanol, no respectivos ciclos cidade/estrada.

Rodrigo Ribeiro/Quatro Rodas

Dados do motor naturalmente aspirado ainda não foram revelados pelo fabricante.

Vale lembrar que o modelo já foi avaliado pelo Latin NCAP e recebeu nota máxima de proteção. As cinco estrelas foram para o modelo com seis airbags e controle de estabilidade.

Volte em instantes para mais informações

Continua após a publicidade
Publicidade