Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Chefão da GM confirma: Chevrolet estuda picape rival para a Fiat Toro

Carlos Zarlenga, presidente da marca na América do Sul, apontou que empresa cogita lançar um modelo entre S10 e Montana

Por Leonardo Felix
Atualizado em 13 set 2019, 07h00 - Publicado em 13 set 2019, 07h00
Picape compacta-média da GM terá visual inspirado no conceito FNR-X (Du Oliveira/Quatro Rodas)

Quem lê QUATRO RODAS já sabe há alguns meses que a GM prepara uma picape compacta-média para rivalizar com a Fiat Toro.

Pois durante o evento de lançamento do Chevrolet Onix Plus, o sucessor do Prisma, e de apresentação da nova geração do Onix hatch, o presidente da empresa para a América do Sul, Carlos Zarlenga, confirmou que a fabricante tem mesmo planos de ingressar no segmento.

Em entrevista concedida a um pequeno grupo de jornalistas, o executivo afirmou que a plataforma GEM, desenvolvida em parceria com a chinesa SAIC, dará origem a “uma série de novos produtos”.

A maioria substituirá veículos de segmentos nos quais a marca já atua. Entretanto, ao ser questionado por nossa reportagem se havia a chance de ingressar em um espaço até então inexplorado pela companhia, Zarlenga afirmou:

“Estamos muito atentos a esse mercado de picapes entre as médias, como a S10, e as compactas”, disse. “É um segmento vibrante e temos bastante interesse em competir nele”, completou.

Continua após a publicidade

Conforme já adiantamos, o projeto da picape compacta-média da GM deve ficar pronto em 2021 e ser fabricado em São Caetano do Sul (SP), junto com a nova geração do Tracker e um SUV de sete lugares, também apontado em primeira mão por QUATRO RODAS.

Sob o cofre, deve usar o motor 1.4 quatro-cilindros turbo flex de 153 cv que equipa os atuais Cruze e Tracker, além de uma opção a diesel herdada da S10.

O visual teria traços inspirados no Tracker e nos SUVs americanos Trailblazer (que nada tem a ver com o nosso Trailblazer) e Blazer. Com sua chegada, é bem possível que a compacta Montana seja retirada de linha.

Mais SUVs

Nova geração do Chevrolet Tracker (Divulgação/Chevrolet)

Zarlenga também apontou que, assim como a Volkswagen, a GM deve apostar numa fragmentação dos segmentos de atuação dos SUVs.

Continua após a publicidade

“É uma tendência que se ramifique o mercado de SUVs, assim como o mercado de compactos B, responsável por 50% do mercado brasileiro, foi segmentado um dia com hatches, sedãs, peruas etc”, comparou.

Por enquanto, sabe-se que a Chevrolet lançará no Brasil o Tracker e um utilitário esportivo de sete lugares, derivado da mesma base, que deve chegar para assumir o lugar da minivan Spin.

A julgar pelas palavras de Zarlenga, é possível prever que a fabricante também deve apostar em outras soluções, tal qual a Volkswagen fará com o T-Sport e com um ainda misterioso projeto chamado VWA0SUV previsto para ser produzido em Taubaté (SP).

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.