Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Longa Duração: VW Virtus vira queridinho de jornalista vindo da Austrália

Colaborador de QUATRO RODAS em férias no Brasil cai nas estradas de asfalto e terra e se impressiona com as qualidades do sedã

Por Péricles Malheiros Atualizado em 27 nov 2019, 12h12 - Publicado em 6 mar 2019, 07h00
Nosso Virtus visita a região da Serra da Canastra (MG) Marcelo Olliveira/Quatro Rodas

O colaborador de QUATRO RODAS Marcello Oliveira mora atualmente na Austrália. De férias no Brasil, o jornalista precisava de um carro para visitar a região da Serra da Canastra, em Minas Gerais. Foi com o Volkswagen Virtus de Longa Duração.

Partindo da capital paulista, Marcello rodou quase 2.000 km. Na volta, contou empolgado o que achou de seu companheiro de viagem – até então, um ilustre desconhecido.

“Por se tratar de um projeto moderno, esperava que o Virtus não decepcionasse, especialmente no asfalto. Mas, no fim das contas, ele superou as minhas expectativas, se mostrando agradável na rodovia e muito desenvolto nos cerca de 100 km de estradinhas de terra que atravessei na Serra da Canastra”, contou nosso colaborador.

Depois de vencer os trechos fora de estrada sem atingir para-choques ou assoalho do sedã, Marcello relatou: “Na ida, contei uns seis ou sete Virtus atuando como táxi em pequenas cidades. Na volta, já conhecendo bem o carro, entendi a escolha dos taxistas”.

Nosso colaborador destacou ainda a boa ergonomia: “O volante com ajustes de altura e profundidade e o banco do motorista com regulagem de altura e alavancas de boa empunhadura facilitam encontrar a melhor posição de dirigir, que, aliás, é ótima”.

Continua após a publicidade

“Some a isso o sistema multimídia completo, amigável e com telas digitais de alta definição e pronto. Confesso que foi até difícil devolver um carro com o qual me dei tão bem”.

Marcello guardou apenas uma crítica: “A buzina não permite um toque breve. Sempre que eu ia agradecer outros motoristas por alguma gentileza no trânsito, me olhavam feio, imaginando que a buzinada forte era em sinal de protesto”.

  • VW Virtus – 25.185 km

    Consumo

    • No mês: 11 km/l com 37,9% de rodagem na cidade
    • Desde jun/18: 11,8 km/l com 27,2% de rodagem na cidade
    • Combustível: flex (gasolina)
    • Combustível: R$ 1.983

    Ficha técnica

    • Versão: Highline 200 TSI
    • Motor: 3 cilindros, dianteira, turbo, injeção direta, transversal, 999 cm3, 12V, 128/116 cv a 5.500 rpm, 20,4 mkgf a 2.000 rpm
    • Câmbio: automático 
    • Seguro (perfil QUATRO RODAS): R$ 4.204
    • Revisões (até 60.000 Km): R$ 1.820
    Continua após a publicidade
    Publicidade