Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Nova Renault Oroch 2023 aparece sem camuflagem rumo à Argentina

Picape estreia no Brasil em abril com motores 1.6 e 1.3 turbo e visual pouco diferente, mas com painel exclusivo por dentro e independente do Duster

Por João Vitor Ferreira Atualizado em 26 mar 2022, 00h00 - Publicado em 25 mar 2022, 18h34

A Renault Duster Oroch não tem vida fácil no Brasil. No segmento das picapes compactas, liderado com folga pela Fiat Strada, ela teve poucas vendas em sua primeria fase. Mas mesmo assim, ainda é um dos veículos produzidos no Brasil mais exportados. 

Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 9,90

E a Renault Oroch 2023, que estreia no Brasil em 12 de abril, não receberá mais do que uma singela reestilização. As fotos da picape sem qualquer camuflagem no porto de Paranaguá, sendo enviadas para a Argentina (um dos países que recebem as Oroch produzidas no Brasil), revelam que o grande destaque da picape será a nova mecânica e o desprendimento do nome Duster. A partir de agora será somente Oroch.

Agora é possível ver pela pela primeira vez os detalhes da picape sem camuflagem. Começando pela traseira, o nome ganhou maior destaque. Agora, a escrita ”Oroch” aparece em letras maiores indo de uma ponta a outra da caçamba.

Renault Oroch vazada dianteira
Nova dianteira segue os padrões do SUV Duster vendido na Índia Albano P./Motor1 Argentina/Reprodução

As lanternas, como era de se esperar, também mudaram um pouco. O formato segue o mesmo, mas elas ganharam um fundo escurecido. O para-choque preto destoa da cor do carro, o que dá a entender que a versão mostrada seria a equivalente a entrada (Expression) do modelo anterior. Porém, seu design segue inalterado.

Na frente, o visual segue a linha do Duster indiano. Como era de se esperar, o nome “Duster” não aparece mais sob a grade, que segue inalterada. Os faróis de neblina estão mais baixos e em seu lugar foram colocados dois nichos, mas nas fotos não é possível vê-los com clareza. Também não é possível visualizar muito bem o para-choque como um todo, mas dá pra ver que ele está menos robusto. Enquanto as rodas ganharam um novo design de cinco aros.

Continua após a publicidade

Renault Duster Oroch flagrada em Curitiba
Versão foi flagrada em testes por Curitiba, Paraná Enzo Shinji/Quatro Rodas

Para os hermanos, assim como os outros países, a Oroch será vendida, exclusivamente, com o moderno motor 1.3 turbo flex de 170 cv e 27,5 kgfm. Ele será acompanhado de um câmbio manual de seis marchas e tração integral.

O Brasil é o único lugar que manterá o motor 1.6 flex, que rende até 120 cv e 16,2 kgfm, junto de um câmbio manual de cinco marchas. Isso para as versões básicas. O 1.3 turbo equipará as variantes mais caras, mas acoplado a um câmbio CVT de oito marchas simuladas. E sempre com tração 4×2.

Se as mudanças por fora não são significativas, espere por um interior exclusivo. A imagem da dianteira confirma a projeção exclusiva de Quatro Rodas, que mostra que a picape terá painel diferente daquele presente no Duster. Todas as mudanças foram feitas em função da tela destacada, na parte superior do painel. A picape ainda terá o mesmo quadro de instrumentos do Captur.

Duster Oroch
Tela será deslocada para cima sem alterar as saídas de ar herdadas do Duster Renato Aspromonte/Quatro Rodas

Um detalhe interessante é que, para a Oroch argentina, o controle eletrônico de estabilidade (ESP) passará a vir de fábrica em qualquer versão. No país vizinho, a obrigatoriedade do item de segurança deveria ter sido implementada em 2018, mas foi adiada (por conta do Brasil) para 2020. Depois foi novamente postergada para janeiro deste ano, quando de fato entrou em vigor. Enquanto no Brasil, essa lei foi mais uma vez adiada para janeiro de 2024.

Compartilhe essa matéria via:

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas!
A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês