Clique e assine por apenas 8,90/mês

VW mostra novo Bora na China

Sedã pode ter motor turbo e câmbio DSG

Por Vitor Matsubara - Atualizado em 9 nov 2016, 12h09 - Publicado em 25 nov 2012, 13h31
fabricantes

Depois do novo Santana, a Volkswagen apresentou a nova geração do Bora, concebida com foco no mercado chinês. A decisão de investir no projeto se deve ao fato do modelo ainda ser um dos mais vendidos do portfólio da marca alemã.

O design do novo Bora segue o estilo dos demais sedãs da VW, especialmente o Jetta vendido em vários países, como o Brasil. Há detalhes cromados na grade frontal e nos filetes das entradas de ar. Na traseira, a semelhança é com o Passat europeu, principalmente pelas lanternas que invadem a tampa do porta-malas e a placa colocada no para-choque. O interior tem vários apliques que simulam madeira e detalhes cromados, além do sistema de navegação por satélite e ar-condicionado digital, ambos controlados por uma tela sensível ao toque.

O sedã usa o conhecido motor 1.4 TSI a gasolina, de 122 cv, aproveitado em diversos modelos da VW pela Europa. O sedã tem a tecnologia BlueMotion, com direito a start-stop (que desliga o motor quando não está sendo exigido) e freios regenerativos, cuja função é armazenar a energia desperdiçada nas frenagens para alimentar os sistemas elétricos do veículo. A transmissão é manual de seis velocidades, mas pode ser trocada pela caixa automática com dupla embreagem, conhecida como DSG.

Publicidade