Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

VW causa polêmica com comercial supersticioso

Espectadores alegam incitação a maus tratos aos animais

Por Márcio Murta Atualizado em 9 nov 2016, 12h15 - Publicado em 5 fev 2013, 12h44
geral

Um anúncio do Volkswagen Gol 2013, veiculado na televisão, criou uma grande repercussão junto ao público, principalmente nas redes sociais. Mas, ao contrário do esperado, o efeito está distante de ser positivo. Na peça publicitária criada pela Almap BBDO, um motorista aparece estacionando o carro e, graças a ajuda de alguns objetos de sorte e o sensor de estacionamento, conseguia parar o carro corretamente.

A polêmica vem a seguir, quando um gato preto aparece no para-brisas com a mensagem “Não dá para ter sorte o tempo todo”. O motorista então liga os limpadores e o esguicho de água para espantar o gato. Segundo alguns espectadores, a relação do gato preto com azar, embora seja uma superstição popular, pode ser visto como uma incitação a maus tratos as gatos pretos.

Em sua página oficial no Facebook, a Volkswagen postou um comunicado informando que o anúncio será retirado do ar. “A Volkswagen do Brasil esclarece que o comercial de varejo denominado ‘Superstição’ será retirado do ar nesta quarta-feira (dia 06 de fevereiro) em respeito e atendimento às manifestações acerca do tema. Em nenhum momento, no comercial, a Volkswagen quis estimular/sugerir qualquer tipo de desrespeito aos animais. Pelo contrário. Os animais sempre serviram de inspiração para as nossas campanhas, por sua inteligência e exuberância, e geraram filmes marcantes como o do Cachorro-Peixe e da Ovelha-Nuvem ( ambos para a SpaceFox), dos Tigres (CrossFox) do elefante Korama (Amarok), do “‘cachorro Pug falante” (Jetta) e dos cães Labradores (Gol)”.

Continua após a publicidade

Publicidade