Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Volkswagen Up! sai de linha na Europa e marca o fim definitivo do compacto

No mercado europeu por 13 anos, o Up! viveu altos e baixos em sua história, mesmo assim, se tornou um dos compactos mais vendidos da história da VW

Por João Vitor Ferreira
29 jan 2023, 22h50

Dois anos depois de sair de linha no Brasil, o Volkswagen Up! saiu de linha na Europa. Poucos dias separaram o fim da versão esportiva GTi para o encerramento da produção de todas as outras versões do subcompacto, inclusive a versão elétrica. 

Desde que foi anunciado em 2011, o menor carro da Volkswagen teve seus altos e baixos nas vendas. Mas dá para dizer que ele caiu no gosto do europeu, principalmente com as variantes esportiva e elétrica.

Com motor 1.0 turbo de 115 cv e 20 kgfm e apenas 1.070 kg, o Up! GTi oferecia uma boa dose de esportividade para aqueles que não queriam abrir mão da praticidade de um carro urbano. Tinha 10 cv a mais que o Up! TSI vendido no Brasil e o câmbio de seis marchas com relações encurtadas ajudava o compacto a ter o bom desempenho, chegando a 196 km/h de velocidade máxima e fazendo de zero a 100 km/h em 8,8 s.

Friso vermelho na base da tampa do porta-malas
Friso vermelho na base da tampa do porta-malas (Divulgação/Volkswagen)

Já o Volkswagen e-Up!, a versão elétrica que por algum tempo foi cotada para vir ao Brasil, estreou na Europa em 2013, mas não agradou logo de cara. Depois de uma revisão em 2019, o modelo passou de 160 km para 260 km de autonomia e teve seu preço reduzido. Isso foi o suficiente para alavancar suas vendas.

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:
up
O banco tem tecido xadrez, como manda a tradição dos GTI (Divulgação/Volkswagen)

Porém, no final de 2020, a Volks foi obrigada a encerrar os pedidos do elétrico devido a crise de componentes. A produção do e-Up! só foi retomada em 2022 e agora, cerca de um ano depois, será encerrada definitivamente. Também em 2022, o compacto foi lançado no Uruguai, o que gerou grandes esperanças de vê-lo por aqui também, mas infelizmente isso não ocorrerá.

Dois VW e-Up!, um azul e outro amarelo carregando vistos de frente
O e-Up não foi um sucesso imediato, mas bastou um aumento na autonomia e uma redução nos preços para suas vendas dispararem na Europa (Divulgação/Volkswagen)

Nos seus doze anos de história, o Up! alcançou a marca de 973.584 unidades vendidas na Europa. Isso contando apenas com as versões de motor a combustão. Se levar em consideração o elétrico, são mais de um milhão de vendas, fazendo dele um dos compactos mais bem sucedidos da história da Volkswagen. Aos consumidores, restam apenas as unidades em estoque.

Continua após a publicidade

O VW Up! ainda teve derivados, o Seat Mii e o Skoda Citigo, todos fabricados na cidade de Bratislava, na Eslováquia. Mas nenhum outro carro usou sua plataforma PQ12, que havia sido concebida com alguma intenção de gerar derivados.

No Brasil, o Up! teve uma vida um pouco mais curta. Ele chegou em 2014 para ser o modelo de entrada da VW e não agradou muito o consumidor de cara. O sucesso só veio no ano seguinte, com a chegada da versão TSI que trazia o motor 1.0 turbo de 105 cv, mais rápido e econômico que o aspirado.

VW e-Up! elétrico vermelho com posto de carregamento
O elétrico até chegou a ser introduzido no Uruguai, mas não veio para o Brasil (Divulgação/Volkswagen)

Em 2021 veio o anúncio de que o Up! seria descontinuado por aqui. O motivo seria a introdução do Polo Track na linha de montagem da fábrica de Taubaté (SP). Na época, a Volkswagen disse que tudo fazia parte da estratégia de renovação de produtos da marca, que também foi responsável pelo fim de Fox, Gol e Voyage.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.