Clique e assine por apenas 5,90/mês

Suzuki passa a vender nova geração do Toyota Corolla Fielder

Batizada de Swace, perua média terá a missão de reduzir a média de consumo dos carros da Suzuki na Europa

Por Henrique Rodriguez - 15 set 2020, 13h14
Divulgação/Suzuki

Suzuki e Toyota estreitaram relações. Enquanto o Suzuki Vitara se transformou em Toyota Urban Cruiser, o Toyota RAV4 passou a ser vendido como Suzuki Across. Agora, é o Toyota Corolla Touring Sports, o equivalente à antiga Fielder nacional, que recebe os logotipos da Suzuki. E tem até seu próprio nome: Suzuki Swace.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Na prática, não passa de engenharia de logotipo, como os fabricantes chamam a estratégia de mudar logo e nome de seus carros para serem vendidos por outras marcas.

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Tanto que o conjunto mecânico é o mesmo do Toyota Corolla Hybrid vendido no Brasil: motor 1.8 atkinson a gasolina de 98 cv combinado a dois elétricos de 72 cv, juntos, instalados no câmbio para entregar 122 cv combinados.

Divulgação/Suzuki

E é a única opção mecânica disponível. Isso porque o Suzuki Swace será vendido na Europa com a missão de reduzir a média de emissões de CO2 dos carros da Suzuki – mesma tarefa do Suzuki Across.

Divulgação/Suzuki

Vale lembrar que a Suzuki precisou mudar radicalmente sua oferta de versões do Jimny por conta das emissões. Características atraentes, como o porta-malas de 596 litros e os faróis de leds acabam passando batidos.

Divulgação/Suzuki

Por mais que Suzuki e Toyota sejam japonesas, o Suzuki Swace será produzido apenas na fábrica da Toyota em Derbyshire, na Inglaterra, única fábrica que produz os Corolla Touring Sports no mundo. Além disso, os preços do Swace dificilmente serão mais baixos que os do Toyota, que parte de cerca de 30.000 euros. 

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital. 

Continua após a publicidade
Publicidade