Clique e assine por apenas 8,90/mês

Toyota RAV4: no tanque de combustível de 55 litros só entram 41

Donos de RAV4 nos EUA estão reclamando por não conseguirem usar a capacidade máxima do tanque. No Brasil, ainda não há registro de queixas

Por Péricles Malheiros - 26 dez 2019, 14h25
Nos EUA, muita gente está reclamando do tanque: era para entrar 55 litros, mas ele só está admitindo 41 litros Christian Castanho/Quatro Rodas

Ainda não encontramos relatos no Brasil, mas nos Estados Unidos tem muito proprietário do novo Toyota RAV4 híbrido reclamando do tanque de combustível.

Segundo os reclamantes, mesmo depois de rodarem vários quilômetros após o alerta de fim da reserva de combustível – o que deixaria o tanque de 55 litros praticamente seco -, um reabastecimento completo não permitiria a entrada de mais do que 41 litros.

De acordo com o site Automotive News, a Toyota local assumiu que está investigando a situação e recomendou que, até a conclusão das análises, os proprietários devem abastecer o carro antes da entrada na reserva ou logo que isso ocorra.

Híbrido, o SUV da Toyota tem consumo urbano de 17,3 km/l de gasolina Christian Castanho/Quatro Rodas

O que se sabe é que essa condição reduz drasticamente a autonomia do RAV4. Tomando por base os números do teste do RAV4 híbrido feito por QUATRO RODAS, a autonomia projetada (baseada no consumo urbano de 17,3 km/l) é de 951,5 quilômetros.

No entanto, caso as unidades que rodam por aqui sofram do mesmo mal detectado no mercado norte-americano, os 14 litros faltantes no abastecimento encurtariam a autonomia para 709,3 quilômetros.

Como entram 14 litros a menos de gasolina, a autonomia em perímetro urbano (baseado no consumo de 17,3 km/l apurado em nossos testes) cai de 951,5 km para 709,3 km Christian Castanho/Quatro Rodas

Consultada, a Toyota do Brasil disse não ter recebido por parte de sua rede qualquer manifestação dos clientes nesse sentido. Mas é bom lembrar: enquanto nos Estados Unidos o RAV4 é um dos modelos mais vendidos da Toyota, com 406.786 unidades de janeiro a outubro de 2019, aqui no Brasil foram vendidas apenas 2.672 unidades do híbrido no acumulado do ano.

Continua após a publicidade
Publicidade