Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Quanto custa o seguro dos dez carros elétricos mais vendidos do Brasil?

Embora ainda não tenham um preço acessível, os carros elétricos tem preço de seguro dentro da média, com alguns custando menos de 4% do valor de tabela

Por João Vitor Ferreira
3 fev 2023, 17h35

Comprar um carro elétrico ainda é um investimento. Isso porque até mesmo os mais baratos ainda não estão próximos do que consideramos como barato. Até porque nem carros a combustão são baratos atualmente. Quando o consumidor olha um valor mais elevado, já vem aquela dúvida na cabeça “E o seguro?”.

Mas acredite, o valor de seguro dos carros elétricos não é tão assustador assim quanto você imagina. Dos dez modelos mais vendidos do mercado, nenhum está acima da média dos carros a combustão, algo entre 4% e 8% do seu preço de tabela. Na realidade, seis deles estão abaixo e podem ser uma boa opção caso você queira entrar no mundo dos elétricos.

Os valores do seguro foram cotados pela TEx, insurtech do setor de seguros, a pedido de QUATRO RODAS. Cada valor é o menor apurado em nosso perfil padrão, em até 15 seguradoras.

Continua após a publicidade
Pintura varia seus tons rosê conforme a luz que incide no carro
Volvo XC40 foi o elétrico mais vendido de 2022, mas está longe de ter o seguro mais barato (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Em 2022 o carro elétrico mais vendido no Brasil foi o Volvo XC40 com 1.770 unidades, de acordo com a ABVE (Associação Brasileira do Veículo Elétrico). Ele está longe de ser o mais barato, tendo um valor de tabela de R$ 372.019 para o modelo 2022. Já seu seguro corresponde a 5,6% desse preço, custando R$ 20.874, de acordo com o levantamento.

A relação é menor que a do segundo e terceiro colocados no ranking dos elétricos mais vendidos. O Caoa Chery iCar fechou o ano com 782 emplacamentos e também é o elétrico mais barato do mercado com preço na tabela Fipe de R$ 127.650, mas seu seguro custa R$ 9.121, que corresponde a 7,1%. Essa é a segunda maior relação preço x seguro entre os elétricos mais vendidos.

Caoa Chery iCar
Caoa Chery iCar está entre os mais baratos do Brasil, mas seu seguro fica na média (Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

Abaixo dele em vendas, mas acima em preço, o Jac E-JS1 está tabelado em R$ 142.600 e seu seguro corresponde a 6,4% do preço de tabela. No levantamento, o valor mais baixo pedido pelas seguradoras foi de R$ 9.237.

Continua após a publicidade
JAC E-J81
Assim como iCar, o E-JS1, o elétrico mais barato do Brasil, é um bom exemplo de que preço baixo não significa seguro barato (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Fechando a trinca de elétricos mais baratos, o Renault Kwid E-Tech foge da regra e está abaixo da média do mercado. Com um preço de tabela de R$ 139.872, seu seguro custa R$ 4.950, o mais barato entre todos os modelos analisados, correspondendo a 3,5% do valor total do carro.

O Kwid não está sozinho nessa. Há ainda outros modelos com o percentual ainda mais baixo, embora tenham um preço mais salgado. Dois exemplos são Audi E-Tron Performance e o Porsche Taycan, sexto e nono do ranking dos mais elétricos mais vendidos de 2022, respectivamente. O seguro dos dois corresponde a 2,5% do preço de tabela e foi o percentual mais baixo registrado. 

Renault Kwid E-Tech Eletrico
O Kwid E-Tech leva vantagem contra seus concorrentes e teve o seguro mais barato entre todos os modelos analisados (Divulgação/Renault)

Porém, você vai precisar de uma boa grana para mantê-los, já que eles também são os dois modelos mais caros entre os 10 elétricos mais vendidos. O e-Tron custa R$ 525.201 e sua apólice R$ 13.555. Enquanto o Taycan está tabelado em R$ 732.031 e seu seguro custa R$ 18.782.

Continua após a publicidade
Porsche Taycan Cross Turismo
Mesmo sendo um modelo mais caro da lista, o Porsche Taycan não teve o seguro mais alto (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Mesmo os dois sendo os mais caros, suas apólices são bem mais em conta do que a do Volvo C40, quinto elétrico mais vendido em 2022. Custando R$ 399.316, ele é praticamente um iCar – ou R$ 125.000 para ser mais exato – mais barato que o Audi e-Tron, mas seu seguro custa R$ 29.061 e corresponde a 7,2% to valor total do carro, sendo o mais alto entre todos. 

Volvo C40 Recharge P8 Brasil
Campeão no mau sentido, o C40 teve o maior seguro avaliado, correspondendo a 7,2% do valor de tabela do carro (Divulgação/Volvo)

Se você não tem dinheiro o suficiente para bancar carros de luxo, mas também quer fugir das opções de entrada, o Mini Cooper, Nissan Leaf e o Jac E-JS4 são as melhores opções. Nenhum deles tem valor de tabela acima dos R$ 250.000 e suas apólices de seguro correspondem, na mesma ordem, a 2,8%, 2,7% e 3% do seu preço. Mesmo assim, são mais baratas do que o do iCar ou do E-JS1, por exemplo.

Confira abaixo o seguro dos dez carros elétricos mais vendidos do Brasil

Modelo Preço na tabela Fipe Preço do seguro Percentual
Volco XC40 R$ 372.019 R$ 20.874 5,6%
Caoa Chery iCar R$ 127.650 R$ 9.121 7,1%
Jac E-JS1 R$ 142.600 R$ 9.237 6,4%
Renault Kwid E-Tech R$ 139.872 R$ 4.950 3,5%
Volvo C40 R$ 399.316 R$ 29.061 7,2%
Audi E-Tron Performance R$ 525.201 R$ 13.555 2,5%
Mini Cooper R$ 226.840 R$ 6.552 2,8%
Nissan Leaf R$ 241.815 R$ 6.623 2,7%
Porsche Taycan R$ 732.031 R$ 18.732 2,5%
Jac E-JS4 R$ 227.401 R$ 7.013 3%

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.