Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

BYD Yuan Plus é SUV elétrico que anda muito e mais barato que SUV híbrido

BYD Yuan Plus entra na briga dos SUVs elétricos com até 458 km de autonomia e por R$ 269.990 é mais barato que muito SUV híbrido

Por Henrique Rodriguez Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 26 jan 2023, 08h37 - Publicado em 26 jan 2023, 08h00

Luxuosos e equipados, o sedã grande Han e o SUV de sete lugares Tan serviram como cartões de visitas para a BYD demonstrar, no Brasil, a força e a capacidade de uma das maiores fabricantes de carros elétricos do mundo. Mas eles não apareceram nas ruas: de março a dezembro, os dois somaram 184 unidades. O elétrico que realmente tem chances de vender bem é o BYD Yuan Plus, que começa a ser entregue agora.

BYD YUAN PLUS
Visual externo acompanha o sedã Han, com direito a leds ligando os faróis (Fernando Pires/Quatro Rodas)

O segredo dele está em uma combinação bem particular de tamanho, equipamentos, potência, autonomia e preço. O tamanho é de um Volkswagen Taos, com 4,45 m de comprimento e 2,72 m de entre-eixos.

A lista de itens de série inclui piloto automático adaptativo, monitor de pontos cegos, frenagem de emergência, reconhecimento de placas, sistema de centralização em faixa, teto solar panorâmico, seis airbags, faróis full-led com facho alto automático e rodas aro 18 (calçadas com pneus “Batman” – é sério!), só para citar parte dos equipamentos.

BYD YUAN PLUS
Lanternas com ligação iluminada e tampa limpa lembram o Kia Sportage (Fernando Pires/Quatro Rodas)

O motor elétrico é dianteiro e rende 204 cv e 31,6 kgfm, números de 2.0 turbo a gasolina. O desempenho também é equivalente: 7,6 s para chegar aos 100 km/h e de 40 a 80 km/h em 2,9 s. A velocidade máxima declarada pela BYD é de 150 km/h, mas o SUV chegou aos 1.000 m da prova de aceleração a 169,6 km/h após 28,8 s. O segredo da agilidade pode estar no peso: são 1.700 kg, é 63 kg a menos que o Jeep Compass diesel.

BYD YUAN PLUS
Motor está sob a unidade controladora (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Quem sustenta esse motor elétrico é um conjunto de baterias Blade LFP, de fosfato de ferro-lítio, com 60,5 kWh. É energia suficiente para uma autonomia de até 458 km na cidade, 380 km na estrada e 423 km em ciclo combinado, sempre de acordo com o padrão do Inmetro.

Continua após a publicidade
byd
Formas orgânicas no painel causam estranheza, mas acabamento é bom (Fernando Pires/Quatro Rodas)

É um carro que roda bem, literalmente. De todos os BYD já à venda no Brasil, o Yuan Plus consegue ser mais confortável e neutro nas curvas, mas os amortecedores ainda têm descompressão muito rápida e fazem barulho após passar em quebra-molas. E vale colocar a direção e a reação do freio no modo Sport, pois o modo padrão deixa a direção muito leve e o freio lento.

BYD YUAN PLUS
Seletor do câmbio tem forma de alça (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Interessante é como definiram o preço: o Yuan Plus custa R$ 269.990, exatamente o mesmo que cobram pelo Song Plus, um SUV híbrido plug-in com 235 cv, mas só 51 km de autonomia elétrica. Caberá ao cliente escolher entre ter um motor a combustão para garantir autonomia extra ou entrar de vez no mundo dos carros elétricos.

BYD YUAN PLUS

É um bom começo, pois o Peugeot e-2008 tem 136 cv e 345 km de autonomia (WLTP) e sai por R$ 259.990, e o Volvo XC40 Recharge Plus, com 231 cv, 415 km de autonomia e desempenho equivalente, custa R$ 329.950.

 

OUSADO DE VERDADE 

Por fora, o Yuan Plus segue o mesmo estilo do sedã Han. A frente é quase inteira fechada e tem uma barra que imita aço escovado interligando os faróis, com direito a uma barra de leds por baixo. A coluna C traz seu aplique imitando aço escovado e as lanternas traseiras são interligadas e seu desenho forma um arco na tampa que, de certa forma, lembra o novo Kia Sportage. No geral, exibe sua personalidade.

Continua após a publicidade
BYD YUAN PLUS
(Fernando Pires/Quatro Rodas)
BYD YUAN PLUS
Bancos são muito confortáveis e espaço traseiro é bom, mas poderia ser melhor (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Ninguém pode dizer que o design da cabine não é original. A parte superior do painel é azul com ondas que parecem cobrir uma parte em tom de branco-gelo. Seria um mar quebrando na praia? As linhas que dão volume à parte branca imitam conchas? Difícil dizer. Mas tudo é muito diferente, talvez chocante.

BYD YUAN PLUS
(Fernando Pires/Quatro Rodas)

Nem a central giratória de 12,8” sem Android Auto ou CarPlay tem tanto impacto como as saídas de ar–condicionado com aletas verticais, que lembram disqueteiras dos anos 1990. As estruturas saltando das portas são as maçanetas, que devem ser puxadas girando-as no próprio eixo e também cobrem os tweeters do som.

BYD YUAN PLUS

Falando em som, em todas as portas há fios imitando cordas de guitarras, os quais, uma vez dedilhados, produzem sons. Na porta dianteira direita, os acordes lembram Come as You Are, do Nirvana e você pode tirar a prova assistindo ao nosso vídeo. O acabamento de qualidade prova que tudo isso é sério.

BYD YUAN PLUS
Rodas aro 18 têm desenho original e são calçadas com os inusitados pneus Atlas Batman (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Dirigir diante dessa decoração exótica tem um peso na escolha e faz desejar o estilo de outros BYD. Mas, no que diz respeito à parte técnica, o Yuan Plus é o BYD mais competitivo e interessante até agora. Tem bom desempenho, alcance e também preço compatível.

Continua após a publicidade

Veredicto – Se a beleza interior é uma questão, BYD Yuan Plus entrega bastante pelo preço.

BYD YUAN PLUS

Ficha Técnica – BYD Yuan Plus

Motor: elétrico, dianteiro, síncrono, 204 cv, 31,6 kgfm
Bateria: capacidade, 60,5 kWh; autonomia (PBE), 423 km; recarga, 30 a 80% em 30 min a 80 kWh
Câmbio: marcha única + ré

Direção: elétrica
Suspensão: McPherson (diant.), multilink (tras.)
Freios: a disco nas quatro rodas
Pneus: 215/55 R18 run flat
Dimensões: comprimento, 445 cm; largura, 187,5 cm; altura, 161,5 cm; entre-eixos, 272 cm; peso, 1.700 kg; porta-malas, 440 litros

Teste – BYD Yuan Plus

Aceleração
0 a 100 km/h: 7,6 s
0 a 1.000 m: 28,8 s – 169,58 km/h
Velocidade máxima : 170 km/h
Retomadas
D 40 a 80 km/h: 2,9 s
D 60 a 100 km/h: 3,6 s
D 80 a 120 km/h: 4,7 s
Frenagens
60/80/120 km/h a 0: 15,7/27,2/63,4 m
Consumo
Urbano: 6,2 km/kWh
Rodoviário: 5,7 km/kWh
Ruído interno
Neutro/RPM máx.: -/38,9 dBA
80/120 km/h: 60,6/66,6 dBA
Aferição
Velocidade real a 100 km/h: 97 km/h
Rotação do motor a 100 km/h: –
Volante: 2,5 voltas
Seu Bolso
Preço básico: 269.990
Garantia: 5 anos

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.