Pontos mais verdes

Frota de táxis limpos em São Paulo chega a 20 veículos

sustentabilidade sustentabilidade

sustentabilidade (/)

O híbrido Toyota Prius acaba de completar 15 anos e mais de 3,2 milhões de carros comercializados no mundo. E só agora as primeiras unidades chegam ao Brasil. Mas calma: se você não tem como pagar os 120 000 reais para poder chamar o híbrido de seu, basta esticar o braço para andar em um dos 20 exemplares que atuam como táxi em São Paulo desde o início de dezembro.

Se o preço da corrida é o mesmo, o veículo que tem menor consumo e nível de emissões desperta a curiosidade de muita gente, como aponta o taxista Mauro Alves, que trocou um Voyage pelo Prius e não se arrepende. “A procura aumentou bastante. Quando estou em trânsito, as pessoas me param, pedem para dar uma voltinha. Já peguei até passageiros que não precisavam de táxi, mas tinham a vontade de andar”, disse.

Na ponta do lápis, Alves também sai ganhando. “O aluguel do modelo é mais alto, porém a diferença é compensada na hora de abastecer. Consigo rodar cerca de 20 km com 1 litro de combustível. Assim, meus gastos com gasolina caíram pela metade”, completa. Até o fim de maio, outras 96 unidades do Prius se juntam às existentes, como parte de um projeto para tornar mais limpa a frota de mais de 30 000 táxis da cidade.

Iniciativa semelhante, implantada pela Nissan há seis meses, começa a render frutos. As duas unidades do Nissan Leaf que começaram a prestar serviço em junho tornaram-se verdadeiros cidadãos paulistanos. Elas se adaptaram tão bem à cidade que, depois de rodar mais de 10000 km cada um, e transportar 2400 passageiros, ganharam a companhia de outras oito unidades do elétrico, distribuídas por três pontos.

Agora o ponto no cruzamento das avenidas Paulista e Consolação terá quatro carros elétricos. Os outros seis Leaf ficarão em frente ao Theatro Municipal e na avenida Luís Carlos Berrini.

No projeto desde o início, o taxista José Antonio Nunes já economizou mais de 1 500 reais ao trocar um Logan pelo Leaf. Ele também viveu situações inusitadas com o carro. “Teve uma cliente que queria comprar meu carro de qualquer forma. Só desistiu quando disse que não estava à venda e que era um modelo de 200 000 reais”, disse.

Junto dos outros oito carros chegam cinco pontos de recarga rápida, instalados pela Eletropaulo em concessionárias Nissan espalhadas pela cidade. Agora, além dos pontos de recarga convencional, de 8 horas, os modelos podem receber uma recarga em apenas 30 minutos, o que possibilita ao carro rodar mais 160 km.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s