Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Pedrosa é pole na Malásia

Dani Pedrosa se recupera de queda e crava a volta mais reapida em Sepang

Por Marcelo Brettas Atualizado em 9 nov 2016, 11h54 - Publicado em 22 out 2011, 11h05
Dani Pedrosa faz melhor tempo

A primeira fila do GP da Malásia de MotoGP, penúltima etapa da temporada é uma exclusividade dos três pilotos da Repsol Honda. O espanhol Dani Pedrosa, que chegou a sofrer uma queda, se recuperou e e cravou a pole com o tempo de 2m01,462s, superando em 0,029s o já campeão do mundo, o australiano Casey Stoner. O italiano Andrea Dovizioso fechou a trinca da Honda abrindo o grid.

O norte-americano Colin Edwards (Monster Yamaha Tech 3) abre segunda fila, com Marco Simoncelli (San Carlo Honda Gresini Team) em quinto e com Nicky Hayden voltando a superar Rossi e se colocando em sexto como o melhor piloto da Ducati no grid.

Hiroshi Aoyama lidera a terceira fila, com Álvaro Bautista, da Rizla Suzuki em oitavo e com Valentino Rossi (Ducati Team), que sofreu mais uma queda durante a sessão completando em nono. Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3) foi o décimo.

O dia não foi nada bom para a equipe oficial Yamaha Factory Racing. O texano Ben Spies, que ainda a recupera da queda sofrida na Austrália, sofreu novo acidente e terminou a sessão apenas em 16º. Já Katsuyuki Nakasuga, substituto de Jorge Lorenzo que se recupera de uma cirurgia para reconstrução do dedo lesionado em acidente também Austrália, ficou apenas com a 17ª colocação.

Moto2

Continua após a publicidade

Thomas Lüthi (interwetten Paddok Moto2) conquistou a sua primeira pole na categoria de Moto2 nessa temporada, superando Stefan Bradl (Viessmann Kiefer Racing) e Michele Pirro (Gresini Racing Moto2). Yuki Takahashi (Gresini Racing) foi o quarto, com os irmãos Espargaró vindo logo a seguir: o caçula Pol (HP Tuenti Speed Up) à frente do mais velho Aleix (Pons HP 40).

Mika Kallio (Marc VDS Racing) foi o sétimo, seguido po Claudio Corti (Italtrans Racing) e Scott Redding (Marc VDS Racing). Mattia Pasini (Ioda Racing Project) completou o Top 10.

Marc Márquez (Team CatalunyaCaixa Repsol) que está a três pontos do líder do campeonato, Stefan Bradl, e ainda briga pelo título, sofreu uma queda e ficou fora das duas últimas sessões de treinos. Na classificação deu apenas duas voltas para garantir a possibilidade de largar no final do grid. Vale lembrar que na Austrália ele foi punido e largou da 38ª colocação para terminar a corrida em terceiro.

125cc

O líder do Campeonato Nicolas Terol (Bankia Aspar) levou a melhor sobre o companheiro de equipa Héctor Faubel por 0,015s na luta pela pole. Sandro Cortese (Intact Racing Team Germany), que chegou a deter a pole provisória no início do treino, terminou a 0,375s de Terol e garantiu o terceiro posto do grid. A segunda fila é composta por Efrén Vázquez (Avant-AirAsia-Ajo), Luis Salom (RW Racing GP) e Jonas Folger (Red Bull Ajo Motorsport).

Maverick Viñales (Blusens by Paris Hilton Racing) larga em sétimo, com Alberto Moncayo (Team Andalucía Banca Cívica) e Adrián Martín (Bankia Aspar). Danny Kent (Red Bull Ajo Motorsport), depois de uma queda violenta que o levou ao centro médico para avaliação, recuperou-se para terminar na décima posição.

Continua após a publicidade

Publicidade