Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Nova plataforma da Hyundai pode até limitar bairros em que o HB20 roda

Parceria com a Vivo, sistema Bluelink conecta novo Hyundai HB20 à rede, possibilitando monitoramento e controle remoto do carro via aplicativo

Por Eduardo Passos Atualizado em 26 abr 2021, 14h01 - Publicado em 26 abr 2021, 13h37
Nova plataforma da Hyundai já está disponível na linha 2022 do HB20
Nova plataforma da Hyundai já está disponível na linha 2022 do HB20 Divulgação/Hyundai

Cada vez mais dispositivos sobre rodas, os carros da Hyundai no Brasil também receberam sistema de conectividade, ligando-os à nuvem e aos celulares. Trata-se do Hyundai Bluelink, anunciado nesta segunda-feira (26) em parceria com a Vivo e já disponível na linha 2022 do HB20.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

O serviço repete a lógica de outros concierges e amplia a gama de controle do proprietário sobre seu automóvel, utilizando o smartphone e a rede móvel como ponte. Desse modo, é possível rastrear o carro, obter informações mecânicas precisas e até limitar sua região de deslocamento.

Como no Chevrolet OnStar ou no Jeep Adventure Intelligence, o Hyundai Bluelink funciona a partir de um chip eSIM embutido no chassi, enviando informações dos sensores embarcados à rede. Nesse fluxo de informações, é possível controlar o Hyundai tal como um dispositivo inteligente.

Recursos de segurança

No caso de acionamento dos airbags, um operador da Hyundai pode enviar o pedido de socorro detalhado às autoridades, enquanto tenta contactar os ocupantes do carro
No caso de acionamento dos airbags, um operador da Hyundai pode enviar pedido de socorro detalhado às autoridades enquanto tenta contactar os ocupantes do carro Divulgação/Hyundai

A Hyundai não esconde sua objetividade no projeto: além de funções banais, o Bluelink quer ser útil e muito prático. Em um país como o Brasil, portanto, não surpreende que o foco em recursos de segurança seja destaque.

Um desses recursos é em caso de acidentes, nos quais o acionamento de airbags gera uma notificação automática, enviada ao serviço de atendimento ao consumidor. Na central, um atendente saberá, através dos dados enviados, a localização exata do veículo, podendo acionar os órgãos de resgate.

Ajuda também pode ser feita discretamente em botão do retrovisor central
Ajuda também pode ser feita discretamente em botão do retrovisor central Divulgação/Hyundai

O operador também é capaz de contatar os ocupantes do veículo, fornecendo um primeiro auxílio e, mesmo sem colisões, o atendimento pode ser feito discretamente via botão de pânico embutido no retrovisor central. Esse botão também serve para socorro via guincho, por exemplo, que será gratuito por doze meses.

Entre as
Entre as “gracinhas”, sistema permite ligar o carro e acionar o ar-condicionado minutos antes do motorista chegar Divulgação/Hyundai

Já em caso de roubo, o Bluelink atua fornecendo a localização do Hyundai em tempo real à polícia, além de bloquear novas partidas do carro até o fim da ocorrência. Toda vez que alguém forçar ou abrir as portas e o alarme disparar, uma notificação aparecerá imediatamente no smartphone do usuário.

Mobilidade limitada

Os carros habilitados são reportados em tempo real ao aplicativo para Android ou iOS
Os carros habilitados são reportados em tempo real ao aplicativo para Android ou iOS Divulgação/Hyundai

Pelo celular é possível até mesmo definir uma área em que o Hyundai pode circular, de modo que, cruzando essa “fronteira”, um alerta instantâneo é enviado ao telefone. 

A partir dele o proprietário pode se inteirar da situação e desde ligar para o “filhão”, que está indo longe demais com seu hatch, até mesmo perceber que se trata de um deslocamento suspeito, digno de acionamento dos recursos de segurança do Bluelink, por exemplo.

Qualquer imprevisto é avisado através de notificações por push
Qualquer imprevisto é avisado através de notificações por push Divulgação/Hyundai

Também existe um modo Alerta de Valet, que limita distância máxima a ser percorrida, velocidade máxima a ser atingida e tempo máximo de motor ocioso enquanto o carro estiver nas mãos de terceiros.

Não é necessário, entretanto, estar sempre com a mão no celular para conferir a saúde do veículo e, na própria central multimídia, é possível consultar dados como estado dos airbags, pressão dos pneus, nível de combustível entre outros. Ao mesmo tempo, eventuais problemas mecânicos geram alertas tanto no display quanto no telefone.

Continua após a publicidade
Como o sistema depende de sensores embarcados, não é possível instalá-lo em veículos usados
Como o sistema depende de sensores embarcados, não é possível instalá-lo em veículos usados Divulgação/Hyundai

O uso da rede também possibilitou um novo navegador embutido nos carros, com atualização on-line de concessionários Hyundai, restaurantes, postos de combustíveis entre outros pontos de interesse. Mesmo assim, os carros seguem compatíveis com Android Auto e Apple Carplay.

Ao contrário da parceria entre Fiat e TIM, o acordo da Hyundai com a Vivo não oferece pacote de dados extra nem Wi-Fi a bordo. Segundo a empresa, foi “uma opção estratégica para manter custos acessíveis, uma vez que a maioria dos usuários já conta com planos suficientes em seus próprios celulares”. Nesse entendimento, a internet própria do carro seria redundante e não oferecê-la evita mais cobranças sobre “quem já paga telefone, assinatura de TV a cabo, Netflix etc”, comentou a equipe de executivos durante a coletiva de imprensa.

Aproveitando a deixa, a Hyundai destacou também que a medida tem viés educativo, dado que o hotspot poderia estimular o uso inadequado dos celulares ao volante.

Preços e disponibilidade

Mesmo após período de testes, Hyundai promete preços acessíveis ao consumidor
Mesmo após período de testes, Hyundai promete preços acessíveis ao consumidor Divulgação/Hyundai

Realmente afim de universalizar sua plataforma, a Hyundai optou por uma estreia no modelo que mais vende no Brasil, embutindo-a em todas as variantes do HB20. 

O Bluelink virá de série nas novas versões Sport e Diamond do hatch, do sedã HB20S e do aventureiro urbano HB20X. O item é opcional nas configurações Evolution 1.0 MT (hatch e sedã) e Evolution 1.6 AT (aventureiro), custando R$ 1.400. Vale notar que a Hyundai aproveitou a novidade para encerrar a versão Diamond Plus, que deixa a Diamond como topo-de-linha dos HB20 e HB20S.

O sistema “vai promover a democratização dos serviços de conectividade ao ser lançado a partir do veículo mais acessível e popular da marca no Brasil”, apostou alto o CEO da montadora para América do Sul e Central, Ken Ramirez.

Hyundai Creta
Novo Hyundai Creta também contará com o Bluelink desde sua estreia no Brasil Motorpasión México/Divulgação

Quem tivé-lo instalado no carro terá uso gratuito por seis meses, quando o valor da mensalidade chegará aos R$ 29,90. “Acreditamos fortemente que [o sistema] será amplamente aceito e reconhecido por seu grande valor agregado e praticidade de uso”, completou Ramirez.

Hyundai Bluelink
Hyundai quer vender seu “peixe” não como gasto, mas como investimento. Para isso, fornecerá até relatórios para uso ótimo do automóvel Divulgação/Hyundai

O vice-presidente de vendas da Hyundai no Brasil, Angel Martinez, ainda revelou que o sistema estará disponível no novo Creta e que a marca se planejou para que a crise no fornecimento de chips e eletrônicos não impacte no oferecimento do serviço.

Completando a promoção de estreia, haverá parceria com a Liberty Seguros, que dará desconto de 20% nas taxas do seguro para roubo e furto aos proprietários de veículos habilitados. Segundo a coreana, isso pode representar até 15% de redução no valor total da apólice.

As informações também serão compiladas em relatórios mensais enviados aos proprietários, com um sumário de como o veículo foi usado e como esse uso pode se tornar ainda mais econômico e eficiente. Tudo para que o Hyundai “on-line” seja visto como uma real economia, ao invés de simples mordomia dos geeks automotivos.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Capa Quatro Rodas Abril

Continua após a publicidade
Publicidade