Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Nivus, T-Cross, Polo e Virtus ganham novo ar-condicionado e start-stop

Entre os equipamentos, estão controle de cruzeiro, frenagem autônomo e ar-condicionado do Polo europeu

Por João Vitor Ferreira 17 nov 2021, 17h18

Ao contrário do que andou fazendo com seus modelos, a Volkswagen agora está adicionando novos equipamentos em determinadas versões de Polo, Virtus, Nivus e T-Cross, que já haviam ganhado linha 2022. E isso muito tem a ver com as novas normas de emissões do Proconve L7, que entram em vigor em janeiro. 

Black Friday! Assine a Quatro Rodas a partir de R$ 6,90

Começando pelo Nivus, agora o SUV virá equipado, em todas as versões, com piloto automático adaptativo (ACC), frenagem autônoma de emergência (AEB) e função start-stop, que desliga e liga o motor automaticamente em momentos de paradas rápidas no trânsito.

A outra novidade é reservada somente para a versão topo de linha, Highline, que terá ar-condicionado Climatronic Touch, semelhante ao da versão europeia e reestilizada do Polo. A variante Comfortline, agora tem como opcional o painel de instrumentos digital Active Info Display de 10,25 polegadas – de série, tem o Digital Display de 8 polegadas.

T-Cross
Função Start-Stop se tornou equipamento padrão de todas as versões do T-Cross Fernando Pires/Quatro Rodas

O T-Cross também ganhou ACC e AEB de série, mas só a partir da versão 200 TSI, segunda mais barata. O que agora equipa toda a gama do SUV é a função Start-Stop, antes disponível somente na versão mais cara, Highline, com motor 1.4 TSI de 150 cv.

Continua após a publicidade

Recentemente, Polo e Virtus sofreram com a perda da central multimídia em suas versões mais básicas. As adições nos dois modelos beneficiam, apenas, as versões Comfortline, que receberam o Start-Stop, e Highline, que têm agora o ar-condicionado Climatronic Touch, antes mesmo da reestilização – que já foi lançada na Europa.

Interior Polo
Foto do interior do Polo no configurador online já mostra o novo ar-condicionado da versão Highline Divulgação/Volkswagen

Em resumo, a Volkswagen só precisou incluir o sistema start-stop no motor 1.0 TSI para torná-lo adequado às normas do Proconve L7. O rendimento do motor foi mantido: 128/116 cv e 20,4 kgfm.

Até o momento, os novos equipamentos não foram adicionados ao configurador online da VW. No site, o Nivus está custando R$ 108.680 na versão Comfortline e R$ 125.990 na Highline. Enquanto o T-Cross começa em R$ 100.590 na variante mais básica, Sense, e chega até os R$ 151.090, na versão Highline.

As variantes que sofreram alteração do Polo estão custando R$ 100.540 e R$ 108.020, para Comfortline e Highline, respectivamente. Por fim, o Virtus Comfortline está saindo por R$ 105.190 e a versão Highline por R$ 120.190 no configurador da Volkswagen.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

A edição 750 de QUATRO RODAS já está nas bancas!
A edição 750 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade