Jaguar I-Pace passa de R$ 400 mil e é o carro elétrico mais caro do Brasil

SUV acupezado britânico é o primeiro modelo do segmento a romper a barreira das quatro centenas de milhares de reais

O I-Pace é o primeiro veículo totalmente elétrico da Jaguar Land Rover

O I-Pace é o primeiro veículo totalmente elétrico da Jaguar Land Rover (Divulgação/Jaguar)

Inicialmente previsto para chegar no fim de 2018, o Jaguar I-Pace finalmente estreia no Brasil com alguns títulos importantes.

O primeiro carro elétrico da Jaguar Land Rover passa a ser o modelo mais potente, mais rápido, com maior autonomia e maior preço do segmento.

As vendas começam no dia 27 de maio em versão única, SE P400, por R$ 437.000. O modelo oferece apenas um pacote opcional, que inclui teto solar panorâmico fixo, espelhamento de smartphones e rodas de 20 polegaas, por R$ 12.190.

O perfil baixo da carroceria aproveita a distribuição de peso dividida por igual entre os eixos

O perfil baixo da carroceria aproveita a distribuição de peso dividida por igual entre os eixos (Divulgação/Jaguar)

O maior destaque do I-Pace fica por conta de sua autonomia de 470 km (ciclo WLTP), além do desempenho proporcionado pelos dois motores (um em cada eixo) de 200 cv e 35,5 mkgf cada.

Segundo a Jaguar, o conjunto permite ao SUV acelerar de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos, com velocidade máxima limitada a 250 km/h. QUATRO RODAS já experimentou todas essas capacidades do modelo.

Jaguar I-Pace Todos os sistemas são controlados por três telas

Todos os sistemas são controlados por três telas (David Shepherd/Jaguar)

Ainda motivo de receio nos modelos elétricos, as baterias de íon-lítio possuem garantia de oito anos e 160 mil km — o carro, em si, tem cobertura de cinco anos, sem limite de quilometragem.

A fabricante fez uma série de parcerias com o Itaú, Porto Seguro e Eletric Mobility para oferecer, respectivamente, financiamentos, seguros e carregadores rápidos a preços especiais aos donos de I-Pace.

Jaguar I-Pace O calor das baterias e inversores é reaproveitado para climatizar o interior do veículo

O calor das baterias e inversores é reaproveitado para climatizar o interior do veículo (Divulgação/Jaguar)

Os carregadores rápidos, aliás, são itens essenciais para uso do I-Pace. Como sua bateria comporta altos 90 kWh, seu tempo de recarga é igualmente elevado.

O tempo de recarga total em um carregador de 7 kW, ainda raro na maioria das cidades, leva 12,9 horas. A situação piora em progressão geométrica caso você só tenha uma tomada de 220V por perto.

Nessa situação, serão mais de 30 horas para “encher o tanque” do I-Pace.

Além do I-Pace, os outros modelos elétricos confirmados para o Brasil são o Chevrolet Bolt (R$ 175.000), Nissan Leaf (R$ 178.400), JAC iEV40 (R$ 153.500) e Audi e-Tron (por estimados R$ 500.000).

Atualmente os únicos elétricos à venda no Brasil são o BMW i3 (R$ 209.950) e o Renault Zoe (R$ 149.990).

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s