BMW i3 ganha novas baterias e reestreia versão elétrica no Brasil

Nova bateria permitiu aposentadoria definitiva do motor a combustão nas versões iniciais do hatch

Visual do hatch não teve alterações

Visual do hatch não teve alterações (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Do ponto de vista legal, o BMW i3 foi o primeiro carro elétrico à venda no Brasil. Mas críticos dirão (com alguma justificativa) que apenas a versão com extensor de autonomia (Rex) foi ofertada à pronta-entrega no País, enquanto a unicamente elétrica era vendida apenas por encomenda.

Discussões técnicas à parte, o importante é que o novo i3 que acaba de chegar ao Brasil resolve de vez essa questão, pois a marca passou a oferecer duas versões do modelo sem o motor bicilíndrico a gasolina. A novidade estreia junto com o novo pacote de baterias de 120Ah do hatch.

Com elas, o i3 tem autonomia de até 395 km (ciclo NEDC), ante os 300 km da versão 94Ah exclusivamente elétrica atual. Com o extensor a gasolina, agora ofertado apenas na versão topo de linha, o alcance chega a 440 km, segundo a marca.

O compacto premium é disponibilizado em três versões: i3 BEV, com preço sugerido de R$ 205.950, i3 BEV Connected, de R$ 229.950 e o i3 REX Full (com extensor), por R$ 257.950. O motor de 170 cv e 25,5 mkgf não teve alterações, e o carro acelera de 0 a 100 km/h em 8,1 segundos, com velocidade máxima é de 150 km/h.

Versão com extensor pode alcançar os 440 km de autonomia

Versão com extensor pode alcançar os 440 km de autonomia (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Nas outras duas versões, mais leves e sem o extensor, o 0 a 100 km é alcançado em 7,3 segundos, com a mesma velocidade máxima do REX Full. Pelo ciclo WLTP, mais rigoroso, essas versões têm 335 km de autonomia.

A versão top de linha disponibiliza Comfort Access e Driving Assistant Plus

A versão top de linha disponibiliza Comfort Access e Driving Assistant Plus (Divulgação BMW/Quatro Rodas)

O visual do i3 de 120Ah é o mesmo da versão recém-reestilizada do hatch, que estreou no Brasil há menos de um ano. Como a própria BMW já havia afirmado, a versão esportiva i3S não será oferecida por aqui.

Arquitetura BMW LifeDrive garante maior agilidade seguindo o padrão BMW

Arquitetura BMW LifeDrive garante maior agilidade seguindo o padrão BMW (Divulgação BMW/Quatro Rodas)

O pacote de equipamentos varia de acordo com a versão, com destaque para o teto-solar duplo, frenagem autônoma de emergência e assistente de permanência em faixa do topo de linha Rex Full.

Locais e possibilidades de carregamento no Brasil

Visando facilitar as possibilidades de carregamento, a empresa vem firmando, desde 2015, parcerias com outras grandes a fim de instalar mais pontos de carregamento de veículos elétricos e híbridos em postos de combustíveis, supermercados e shopping centers nas principais capitais do país.

Ano passado a BMW inaugurou um corredor com postos de carregamento para veículos elétricos e híbridos na Rodovia Presidente Dutra, conectando as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, as maiores metrópoles brasileiras.

Em um teste feito em primeira mão feito por QUATRO RODAS, porém, os carregadores nem sempre funcionaram como deveriam.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s