Por R$ 149.990, Renault Zoe é o carro elétrico mais barato do Brasil

Marca também mostra o Captur Bose e o Kwid Outsider, que chegam em 2019

 (Renato Pizzutto/Quatro Rodas)

O Renault Zoe está no Brasil desde 2013, mas apenas agora ele poderá ser comprado por qualquer pessoa. Por R$ 149.990, é o carro elétrico mais barato do Brasil.

Explicamos: nos últimos cinco anos a Renault vendeu seus elétricos apenas para empresas interessadas em utilizar veículos com emissão zero. 50% dos carros elétricos vendidos no Brasil até hoje são Renault.

 (Renato Pizzutto/Quatro Rodas)

O pequeno monovolume elétrico chega na versão Intense com bateria Z.E. 40, capaz de entregar autonomia de 300 km no ciclo europeu WLTP. Em tomada trifásica de 22kW, essa bateria recupera 80% de sua carga em 1h40. 

O motor, por sua vez, é o R90, que gera 92 cv e 22,4 mkgf de torque (equivalente ao torque de um motor 2.0 aspirado).

 (Renato Pizzutto/Quatro Rodas)

Apenas duas concessionárias venderão o Renault Zoe neste primeiro momento: a Sinal, em São Paulo, e a Globo, em Curitiba. Elas terão o carro disponível para test-drive a partir de amanhã (07). Interessados também poderão comprar o Zoe durante o Salão. 

Kwid Outsider

Foi o conceito Outsider que, há dois anos, antecipou o Kwid brasileiro neste mesmo evento. Agora ele dá nome àquela que será a versão mais aventureira do compacto.

O lançamento está previsto para o primeiro semestre de 2019.

 (Renato Pizzutto/Quatro Rodas)

A diferença está em itens estéticos: tem barras de teto, faixas laterais, grandes molduras nos faróis de neblina, retrovisores pretos, apliques prateados na base dos para-choques e Outsider nas portas.

As calotas são as mesmas das outras versões, mas pintadas em uma nova cor.

 (Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

Por dentro, tem tecido exclusivo nos bancos, detalhes em laranja no painel e na manopla do câmbio.  

 (Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

Captur Bose

A Renault criou um Captur com som melhor. O Captur Bose, também previsto para o primeiro semestre de 2019, tem sete alto-falantes e um amplificador da marca de som norte-americana que dá nome à versão.

Será uma série limitada, que também se diferencia pelo logotipo Bose nas portas dianteiras e pelo teto pintado de prata. Por dentro, porém, os bancos recebem forração de couro cinza e o teto é forrado de preto.

 (Renato Pizzutto/Quatro Rodas)

 (Renato Pizzutto/Quatro Rodas)

 (Henrique Rodriguez/Quatro Rodas)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s