Clique e assine com até 75% de desconto

Correio técnico: quantos airbags um veículo tem de ter para ser seguro?

A dúvida vem do leitor Maurício Silveira, de Cotia, em São Paulo

Por Leonardo Barboza Atualizado em 26 ago 2020, 21h24 - Publicado em 28 ago 2020, 08h00
Nem só de airbags vive a segurança Reprodução/Internet

Quantos airbags um carro teria que ter para ser considerado o modelo mais seguro do mundo? – Maurício Silveira, Cotia (SP).

Não importa quantos airbags tem um carro para ele ser considerado mais seguro. Segundo o secretário geral do Latin NCAP, Alejandro Furas, esse instituto já avaliou carros com sete airbags que tiveram fraco desempenho em testes de colisão e outros com quatro quatro airbags que chegaram à nota máxima.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

A existência de airbags não assegura que o carro ofereça mais proteção. Há airbags que podem não cumprir sua função adequadamente – caso do Renault Novo Sandero com airbags laterais.

Divulgação/Hyundai

O que determina o número de estrelas no teste de colisão de um veículo, em 80% dos testes, é o quanto o veículo protege os ocupantes e pedestres envolvidos no teste de colisão, e não o número de airbags que o carro tem.

Tem alguma dúvida? Mande sua pergunta para: correiotecnico@quatro-rodas.com.br

  • Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de maio da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Continua após a publicidade
    Publicidade