Bolsonaro cancela instalação de 8 mil radares em rodovias federais

Em sua conta no Twitter, presidente também promete revisar contratos de radares já instalados nas estradas controladas pelo governo federal

Técnico instala um radar de velocidade

Técnico instala um radar de velocidade (Michael Melo/Quatro Rodas)

O presidente Jair Bolsonaro declarou no último domingo (31), em seu perfil no Twitter, que ordenou o cancelamento da instalação de 8 mil novos radares em rodovias de responsabilidade do governo federal.

“Após revelação do Ministério de Infraestrutura de pedidos prontos de mais de 8.000 novos radares eletrônicos nas rodovias federais do país, determinei de imediato o cancelamento de suas instalações”, escreveu o presidente.

“Sabemos que a grande maioria destes têm o único intuito de retorno financeiro ao estado [sic]”, completou.

https://platform.twitter.com/widgets.js

Bolsonaro também prometeu revisar contratos já existentes em estradas federais fiscalizadas por radar.

“Ao renovar as concessões de trechos rodoviários, revisaremos todos os contratos de radares verificando a real necessidade de sua existência para que não sobrem dúvidas do enriquecimento de poucos em detrimento da paz do motorista.”

Esta não é a primeira declaração polêmica do presidente contra medidas de fiscalização que ele considera serem parte de uma “indústria das multas”.

Desde que assumiu o mandato, Bolsonaro já prometeu ampliar a validade da CNH de cinco para 10 anos, bem como aumentar o limite de pontos para sua suspensão de 20 para 40.

Também afirmou que vai extinguir as lombadas eletrônicas e estuda revogar a lei do farol baixo nas estradas. Por outro lado, quer submeter motoristas ao “teste do drogômetro”.

 

De todas essas medidas, a única a ter saído do papel – ou da página do Twitter, se preferir – de fato foi o cancelamento da resolução que estabelecia multas a pedestres e ciclistas. Esta foi substituída por uma campanha educativa.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. ORLANDO A SOUZA

    Tenho 32 anos de Polícia em São Paulo sendo 22 na PRF e 10 na PMESP, E VEJO finalmente alguma autoridade falando com sensatez sobre a criação de leis absurdas, como da obrigatoriedade de faróis ligados de dia na rodovia, coisa que nunca me fez falta, e do exagero de radares com única razão de arrecadar e não educar.
    Exemplo a ser seguido por todas autoridades competentes, afinal neste país está ficando feio fazer coisa errada, né.
    Espero ter contribuído e apoio todas decisões de acabar com os absurdos a que os brasileiros foram submetidos pelos governantes.

  2. ROGELSON GAMA

    Infelizmente é assim,(quando o Governo faz algo bom) isto a revista Folha não mostra né. .?

  3. ROGELSON GAMA

    Infelizmente é assim,(quando o Governo faz algo bom) isto a revista Folha não mostra né. .?